Logo BP Money
Criptomoedas: 51% dos latino-americanos já utilizaram ativos digitais, aponta pesquisa da Mastercard
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Web 3.0

Ucrânia usará NFTs para preservar suas raízes em meio à invasão russa

Em guerra contra a Rússia, o país está perdendo museus e outros locais culturais

por Alexandre Puga

13 de junho de 2022 15:46Atualizado em: 13 de junho de 2022 15:51
Ucrânia usará NFTs para preservar suas raízes em meio à invasão russa

A Ucrânia planeja transformar em NFT cada peça de arte ou história que conseguir. O anúncio foi feito no sábado (11) pelo presidente da Associação Blockchain da Ucrânia, Michael Chobanian. O país do leste europeu está sendo atacado há mais de 100 dias pela Rússia. Com a invasão russa, museus e outros locais culturais ucranianos estão sendo alvos de ataques. 

“Hoje estamos anunciando um novo projeto [destinado a] como salvar o DNA do povo ucraniano, a cultura ucraniana e a história ucraniana”, afirmou Chobanian.

“Neste momento, eles estão bombardeando museus, igrejas e locais culturais. Então, antes que eles sejam destruídos vamos, digitalizar cada peça de arte ou história que temos nos museus. Vamos fazer em NFT e colocar na blockchain”, completou. 

Michael Chobanian realizou o anúncio do plano NFT ao lado de Alex Bornyakov, vice-ministro de Transformação Digital da Ucrânia e porta-voz do governo em cripto, em um painel intitulado “Cripto em guerra: por trás do histórico de fundos cripto da Ucrânia”.

A histórica transformação dos artefatos da Ucrânia em NFT revelará o que está sendo mantido e onde, a fim de impedir que funcionários corruptos do governo roubem itens durante tempos imprevisíveis como esses. Digitalizar e colocar um artefato como NFT em uma blockchain será a prova de que um artefato existiu. 

O projeto terá como objetivo fornecer uma janela digital para a identidade nacional ucraniana, pois qualquer pessoa de qualquer lugar poderá ver os itens como NFTs em um só lugar.

“É um projeto nacional, não um projeto privado; é o que fazemos como a Associação Blockchain da Ucrânia e desta forma ninguém pode excluí-lo”, disse Chobanian, que também é a pessoa que gerencia as doações para o Crypto Fund of Ukrain.

O primeiro projeto NFT do governo foi o Museu MetaHistory NFT, que foi criado para preservar fatos sobre a guerra destinados a desafiar a “campanha de desinformação de Putin”. 

De acordo com a Crystal Blockchain, empresa de análise, a Ucrânia já alavancou cripto e blockchain para financiar sua defesa contra a invasão da Rússia, levantando mais de US$ 135 milhões em cripto de doadores de todo o mundo até meados de maio.