Logo BP Money
Criptomoedas: 51% dos latino-americanos já utilizaram ativos digitais, aponta pesquisa da Mastercard
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Web 3.0

Citigroup afirma que economia do metaverso pode chegar a US$ 13 trilhões

Em documento, o banco afirma que o cálculo deve ser realizado adicionando todo o ganho relacionado à Internet e às atividades do mundo físico que estão sendo deslocadas

por Alexandre Puga

7 de junho de 2022 17:33Atualizado em: 7 de junho de 2022 17:41
Citigroup afirma que economia do metaverso pode chegar a US$ 13 trilhões

De acordo com relatório emitido pelo banco Citigroup (CTGP34) nesta terça-feira (07), o mercado relacionado ao metaverso pode apresentar receita de até US$ 13 trilhões. O documento afirma que o cálculo deve ser realizado teoricamente adicionando toda a receita relacionada à Internet e às atividades do mundo físico que estão sendo deslocadas. 

A companhia norte-americana observou várias oportunidades iniciais de investimento em cinco blocos de construção importantes: 1) Sistemas operacionais que conectam pessoas e conteúdo; 2) blockchain que descentraliza os sistemas econômicos e a propriedade de ativos digitais; 3) infraestrutura de rede em nuvem; 4) fones de ouvido XR; 5) interfaces naturais do usuários, como controle de voz e gestos, para maior imersão.    

As ações da Meta (FBOK34), Intel (ITLC34), Apple (AAPL34), Verizon (VERZ34), Nvidia (NVDC34) e T-Mobile (T1MU34)  estão na longa lista de companhias que podem se beneficiar desta projeção positiva feita pela empresa financeira norte-americana.

O Citi não deixou de advertir o fato de que o metaverso está em estágio inicial de desenvolvimento, logo há uma infinidade de riscos e desafios em tecnologia, regulamentação, burocracia, privacidade e cripto que precisam ser superados antes que a adoção generalizada ocorra.

As previsões da companhia convergem com a notícia de que a companhia planeja contratar mais de 4 mil funcionários de tecnologia para ajudar a mover seus clientes institucionais online após a pandemia. Mais de mil dos recrutados irão se juntar à equipe de tecnologia de mercados como parte de uma estratégia de crescimento agressiva. A informação foi dada por Jonathan Lofthouse, chefe de mercados e tecnologia de risco corporativo. 

De acordo com o diretor financeiro do Citigroup, Mark Mason, em declaração feita em março de 2022, o banco aumentou os gastos com tecnologia em 10%, para US$ 10 bilhões no ano passado. A companhia tem atualmente mais de 30 mil engenheiros de software.