Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Brasília

Votação da PEC dos Precatórios é adiada novamente

Redação BP Moneyem 20 de outubro de 2021 16:43
  • Na reunião desta tarde esteva prevista a votação do relatório que limita o pagamento de precatório federais;
  • O ministro da Cidadania confirmou o reajuste de 20% no Auxílio Brasil, agora o benefício é de R$ 400.

Em meio às articulações dentro do governo federal para viabilizar o Auxílio Brasil de R$ 400, a reunião da Comissão Especial da PEC dos Precatórios na Câmara, marcada para as 14h desta quarta-feira (20), foi novamente adiada. Agora, a votação foi remarcada para esta quinta (21) às 14h30.

Na reunião desta quarta, estava prevista a votação do relatório do deputado federal Hugo Motta (Republicanos) sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que limita o pagamento de precatórios federais.

Durante a tarde, o ministro da Cidadania, João Roma, confirmou o reajuste de 20% no Auxílio Brasil, fazendo o benefício chegar a R$ 400. Segundo ele, o novo programa terá o valor variado, no qual ele chamou de despesas permanentes. O governo também adicionou um benefício transitório que providencia um aumento de R$ 100, que terá vigência até o fim de 2022.

 

Relacionadas