Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Brasil

Varíola dos macacos chega a 76 casos no Brasil, segundo Ministério da Saúde

São Paulo tem o maior número de casos, com 52 diagnósticos

por Redação BP Money

3 de julho de 2022 12:57
Varíola dos macacos chega a 76 casos no Brasil, segundo Ministério da Saúde
EBC

76 casos de varíola dos macacos já foram confirmados no Brasil até o momento, de acordo com levantamento do Ministério da Saúde neste domingo (3).

Segundo a instituição, São Paulo é o estado com o maior número de casos: 52. Na sequência, aparecem o Rio de Janeiro, com 16 diagnósticos, Ceará, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, com dois casos cada, e Distrito Federal e Rio Grande do Norte, cada estado com um caso da varíola dos macacos.

O Ministério afirmou que está em contato constante com as instituições estaduais para monitorar de perto os novos casos no País, segundo informações da “Agência Brasil”.

A nota também incluiu depoimento da Secretária de Saúde do Rio de Janeiro, que explanou na última sexta-feira (1) a notificação de possíveis 39 novos casos da doença no estado.

Entre eles, 13 foram confirmados, e 9 eram moradores da cidade do Rio, capital da unidade federativa.

A “Agência Brasil” também informou a distribuição dos casos relatados pela Secretária carioca, sendo eles: um em Maricá, na Região dos Lagos; um em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; um em Queimados, também na Baixada e residente em Portugal; e um em Niterói, na região metropolitana do Rio, procedente da Inglaterra. Mais seis casos permanecem em investigação e 20 foram descartados.

Segundo a assessoria do órgão estadual, a diferença entre casos por ela relatados e pelo Ministério da Saúde acontece pois alguns diagnósticos demoram a ser confirmados pelas áreas técnicas de análise.
 

Monitoramento sobre casos de varíola dos macacos também acontece no exterior

No cenário internacional, a OMS (Organização Mundial da Saúde) também divulgou o número de casos no início de junho.

Na ocasião, a instituição informou que a varíola dos macacos infectou 780 pessoas em 27 países em que o vírus não é endêmico. O órgão sustentou que o risco de nível global é moderado.

Além disso, a OMS destacou que os casos podem estar subnotificados devido a dificuldade de registrar as infecções. "É altamente provável que outros países identifiquem mais casos e que haja mais expansão do vírus", disse o órgão. 

O Reino Unido é o país com mais casos de varíola dos macacos registrados, seguidos pela Espanha, Portugal, Canadá e Alemanha. Além do continente europeu, infecções foram contabilizadas na Argentina, Austrália, Marrocos e Emirados Árabes Unidos.