Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Brasil

Janones desiste de candidatura e apoiará Lula

Anúncio foi feito em transmissão ao vivo pelo Facebook do ex-candidato

por Redação BP Money

4 de agosto de 2022 18:08Atualizado em: 4 de agosto de 2022 18:29
Janones desiste de candidatura e apoiará Lula
Janones tinha 1% das intenções de voto/Reprodução Facebook

Em live no Facebook, transmitida nesta quinta-feira (4), André Janones, até então candidato à Presidência da República pelo Avante e deputado federal de Minas Gerais, desistiu de sua candidatura e apoiará Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, na eleição presidencial.

“A partir desse momento, [a candidatura] está unificada e passa a ser representada pela candidatura do presidente Lula”, disse Janones em live no Facebook, rede social em que soma 8 milhões de seguidores. 

Os dois apareceram juntos na transmissão, que chegou a ter 20 mil espectadores ao mesmo tempo, após se encontrarem na sede do Partido dos Trabalhadores para formalizarem as conversas que tinham há dias. Os políticos trocaram afagos nas redes sociais na última semana, quando Janones aceitou dialogar com Lula para uma eventual união dos dois no 1º turno.

Na última sexta-feira (29), Janones escreveu em suas redes sociais: “Bolsonaro me bloqueou, Ciro não aceitou encontrar comigo, Tebet ignorou por completo minha existência, enquanto aquele que lidera as pesquisas pediu publicamente para conversar comigo. Humildade e democracia andam lado a lado. Convite aceito”.

Lula respondeu dizendo que política se faz com diálogo e juntando pessoas pelo bem comum. O candidato finalizou dizendo que iria ligar para Janones. O diálogo resultou na unificação de candidaturas. Participaram da reunião nesta quinta o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa do petista, dirigentes de partidos aliados e integrantes da campanha. 

Com isso, Lula e sua equipe esperam não apenas uma migração de votos, como também se beneficiar da expertise do meio digital de Janones, que tem recordes de audiência em transmissões ao vivo e fica atrás apenas de Jair Bolsonaro (PL) em número de seguidores no Facebook.

Segundo a última pesquisa do Datafolha, divulgada na quinta-feira (28), Janones tinha 1% das intenções de voto para as eleições deste ano. Lula, por outro lado, soma 47% com possibilidades de vencer em primeiro turno, caso obtenha 50% mais 1 voto, pelo menos, nas urnas, desconsiderando os nulos e brancos.