Logo BP Money
Faraó dos Bitcoins anuncia candidatura a deputado federal
Inter (INBR31) reverte prejuízo no 2T22 com lucro de R$ 15,5 mi
Negócios

Medalha no peito e dinheiro no bolso: veja quanto Fadinha irá receber pela conquista

Caso participasse de mais disputas, Rayssa poderia acumular os montantes de acordo com sua colocação.

por Redação BP Money

26 de julho de 2021 17:35Atualizado em: 31 de maio de 2022 9:32
Medalha no peito e dinheiro no bolso: veja quanto Fadinha irá receber pela conquista
Foto: Julio Detefon (CBSk)/Reprodução

A fadinha do skate street brasileiro fez história na madrugada desta segunda-feira (26) ao conquistar a segunda medalha de prata para o esporte nas Olimpíadas de Tóquio, repetindo o resultado de Kelvin Hoefler no domingo. Rayssa Leal, de apenas 13 anos, se tornou a mais nova atleta do Brasil a participar dos Jogos e a embolsar a quantia designada aos vitoriosos.

Natural de Imperatriz, no Maranhão, já era esperado que o talento de Rayssa para acertar manobras a levasse ao pódio. Porém, além da medalha no peito, ela volta para casa com uma boa quantia no bolso.

Graças ao incentivo do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a garota sai do Japão com a premiação de R$ 150 mil, valor destinado aos medalhistas de prata em Tóquio. Caso participasse de mais disputas, a fadinha poderia acumular os montantes de acordo com sua colocação.

A decisão de premiar em dinheiro os atletas brasileiros veio da diretoria do COB, como forma de homenagear e reconhecer o trabalho dos esportistas, principais protagonistas do Movimento Olímpico.

"Com esta ação, o COB reconhece o esforço, o comprometimento e a disciplina colocados em prática para a conquista de uma medalha olímpica. Essa premiação é oriunda de recursos privados do COB e é fundamentada em um dos nossos pilares: a meritocracia. Desejo a todos um excelente trabalho e tenham em mente, em primeiro lugar, a saúde de vocês”, disse Paulo Wanderley Teieira, presidente da entidade.

 

 

Para os competidores individuais, as quantias variam de R$ 100 mil a R$ 250 mil. Já as modalidades coletivas recebem valores mais expressivos devido a quantidade de integrantes. Para equipes com até seis atletas o prêmio pode variar entre R$ 200 mil e R$ 500 mil, e para times com sete pessoas ou mais o valor pode ir de R$ 300 mil a R$ 750 mil.