Logo BP Money
Criptomoedas: 51% dos latino-americanos já utilizaram ativos digitais, aponta pesquisa da Mastercard
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Negócios

XP anuncia criação da “Xtage”, plataforma para negociação de criptomoedas

Plataforma será desenvolvida em parceria com a Nasdaq, bolsa de Nova York

por Fabio Santiago

12 de maio de 2022 11:58Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:26
XP anuncia criação da “Xtage”, plataforma para negociação de criptomoedas

A XP Inc. anunciou nesta quinta-feira (12) a criação de sua plataforma para negociação de criptomoedas, em colaboração com a Nasdaq, bolsa de New York.

Batizada de Xtage, a plataforma de negociação estará integrada nos aplicativos já existentes da XP, de modo que os usuários ativos tenham acesso direto à nova plataforma.

De acordo com o comunicado emitido pela companhia, a previsão de início operacional da Xtage está para o final do mês de junho, de forma integral nos aplicativos da empresa.

A empresa de investimentos também confirmou que a Xtage começará com negociações de criptomoedas, mas que também planeja expandir a oferta de outros criptoativos, à medida que o apetite dos investidores e as tendências de mercado evoluírem.
 

XP retorna ao mercado de corretora de criptoativos

A iniciativa anunciada pela campanha aconteceu após o fechamento da plataforma Xdex, criada pela própria XP.

Além disso, outros bancos e grupos de investimentos também estão na empreitada.

Na última quarta-feira (11), o Nubank anunciou que implementará uma corretora de criptoativos em seu banco digital, uma opção a mais para os investimentos de seus clientes.

Já o BTG (BPAC11), por sua vez,  anunciou no ano passado que abriria uma corretora de criptoativos chamada Mynt, mas a plataforma ainda não está em operação total para todos os clientes.

A XP também relatou que a criação da nova plataforma visa ampliar as opções de investimento de sua base de clientes, com maior abrangência.

“Na XP, temos a grande missão de democratizar o acesso a ativos digitais, proporcionando aos investidores um portfólio amplo e diversificado de produtos financeiros que estão na vanguarda da inovação global”, disse Lucas Rabechini, diretor de produtos financeiros da companhia.
 

Implementação da XP é resposta para cenário negativo dos Criptos

Vale lembrar que, desde o começo do ano, o mercado de criptomoedas continua a se desvalorizar, acompanhando a queda de ativos de risco. Os investimentos são afetados principalmente pela alta inflação global e pela alta da taxa de juros nos EUA.

De acordo com o site CoinMarketCap, os criptoativos perderam quase US$ 800 bilhões em valor de mercado em abril

Na última quarta (11), inclusive, o Bitcoin (BTC) atingiu seu menor valor em quase um ano, caindo abaixo dos US$ 30 mil. Desde novembro do ano passado, quando atingiu a máxima histórica de US$ 69 mil, a moeda que estará na nova plataforma da XP já perdeu mais da metade de seu valor.