Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Negócios

Tesla (TSLA34) registra queda de vendas no 2T22 em meio a cenário de recessão

Quantidade de veículos entregues caiu em mais de 50 mil unidades ante 1T22

por Redação BP Money

2 de julho de 2022 16:38
Tesla (TSLA34) registra queda de vendas no 2T22 em meio a cenário de recessão
Tesla/Divulgação

A Tesla (TSLA34), companhia do bilionário Elon Musk, fechou o segundo trimestre de 2022 com queda nas vendas de veículos.

De acordo com o divulgado pela empresa neste sábado (2), a entrega de veículos caiu de 310.048 nos três primeiros meses deste ano, para 254.695 veículos vendidos pela Tesla entre abril e junho.

Na comparação anual, em contrapartida, os números melhoraram: houve uma alta de 27% nas vendas na comparação com o segundo trimestre de 2021, em que, na ocasião, a companhia havia entregue 201.304 veículos.

No âmbito da produção, foram produzidos 258.580 veículos entre abril e junho de 2022, resultado inferior aos 305.407 feitos entre janeiro e março.

Entretanto, a empresa afirmou que o mês de junho deste ano foi o mais produtivo da história para um período mensal.

Nesse sentido, as ações da produtora de veículos elétricos caíram bruscamente no primeiro trimestre deste ano, inclusive com quedas recordes, como o recuo de 12% em 26 de abril. O resultado daquele pregão representou a maior queda da companhia em um único dia

Além disso, a queda de vendas de veículos na comparação trimestral foi a primeira na companhia desde o início da pandemia de Covid-19, há dois anos atrás.
 

Semestre da Tesla também foi marcado por alta nos preços dos veículos

A empresa anunciou o reajuste de preços de alguns de seus carros em até US$ 6 mil por causa dos custos crescentes ao longo de sua cadeia de suprimentos, reflexos dos custos crescentes de mão de obra, transporte e matérias-primas.

A Tesla aumentou os preços pela última vez em março, após Musk alertar em uma publicação no Twitter (TWTR34) que a Tesla e SpaceX “estão observando uma pressão inflacionária recente significativa em matérias-primas e logística”.

A última alta de preço se aplica a determinados carros em toda a linha da companhia. O carro de longo alcance Model 3 agora está custando US$ 57.990, segundo o site da empresa no dia 16 de junho, acima do preço anterior de US$ 55.990. 

A empresa elevou o preço de seu popular carro de longo alcance Modelo Y em US$ 3 mil, enquanto a versão de performance do carro teve um aumento de US$ 2 mil, de acordo com o site da empresa. 

Enquanto isso, a Tesla também aumentou o preço de sua tração integral com motor duplo Model S em US$ 5 mil e em sua tração integral com motor duplo Model X em US$ 6 mil para US$ 120.990.