Logo BP Money
Criptomoedas: 51% dos latino-americanos já utilizaram ativos digitais, aponta pesquisa da Mastercard
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Negócios

Terra (LUNA): corretora brasileira irá ressarcir investidores

A Nox Bitcoin anunciou que irá ressarcir R$ 620 mil aos clientes prejudicados por queda da stablecoin UST

por Redação BP Money

20 de maio de 2022 16:11Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:26
Terra (LUNA): corretora brasileira irá ressarcir investidores

A novela envolvendo a Terra (LUNA) continua gerando novos desdobramentos. A corretora brasileira cripto Nox Bitcoin anunciou nesta sexta-feira (20) que pretende ressarcir cerca de R$ 620 mil aos clientes que foram prejudicados por manterem o investimento na stablecoin UST entre os dias 9 e 12 de maio.

Por ser uma stablecoin pareada com o dólar, o UST deveria sempre valer US$ 1. Entretanto, na semana passada o ecossistema Terra entrou em um espiral da morte que derrubou o preço das criptomoedas do sistema. Nesta sexta-feira, o UST vale US$ 0,06.

Leia também: Criptomoeda LUNA: conheça empresário que fez investidores perderem US$ 40 bi

Os investidores que receberão seu dinheiro de volta investiam pela corretora através da opção “Auto Stake” em UST, que oferecia 15% de retorno ao ano, pagando rendimentos diariamente.
 
A Nox irá repor o prejuízo sofrido pelos investidores. Ou seja, se o cliente tinha 1 UST antes do colapso, e hoje a moeda vale US$ 0,06, a corretora depositará mais US$ 0,94 em sua conta. O reembolso será feito na forma de USDT, a stablecoin da Tether. O valor recebido poderá ser negociado no aplicativo e trocado por qualquer uma das opções disponíveis pela corretora.

O CEO e cofundador da Nox Bitcoin, João Paulo Oliveira, afirmou que “muito embora o colapso de UST e da rede Terra tenha sido um risco extremo à Nox, em solidarização aos clientes, nós iremos excepcionalmente cobrir o prejuízo de desvalorização da moeda”.

Leia também: LUNA: criador apresenta plano salvar a criptomoeda

“Os clientes confiaram na gente para fazer staking e nós entendemos que  a confiança deles tem muito mais valor do que qualquer outra coisa”, explicou Oliveira ao “UOL”. “Nós vamos reembolsar esses usuários tirando as despesas que teríamos em outros lugares, como marketing”, diz.

No entanto, apenas clientes que compraram UST, a stablecoin da Terra, antes da queda da moeda serão ressarcidos. Os investidores que compraram a criptomoeda na esperança que o preço voltaria a subir não serão recompensados.