Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Empresas

Setor imobiliário desacelera no 3º trimestre de 2021

Redação BP Moneyem 23 de outubro de 2021 11:30
  • Os dados respondem à soma dos resultados de 14 incorporadoras listadas na B3;
  • Os lançamentos avançaram 19,2% no entre julho e setembro, à medida que as vendas líquidas subiram, somente, 1,7% no período;
  • Os juros dos financiamentos imobiliários pelos bancos também impactaram o setor.

Após registrar vários meses consecutivos de ganhos, o setor imobiliário desacelerou no terceiro trimestre de 2021. Os relatórios operacionais preliminares divulgados pelas grandes incorporadoras do país apontaram que o setor elevou os lançamentos no período, mas as vendas não acompanharam.

Os lançamentos avançaram 19,2% entre julho e setembro na comparação anual, a R$ 9,023 bilhões. Contudo, as vendas líquidas não foram mesmo ritmo, seguindo a mesma base comparativa, o aumento foi de 1,7%, chegando a R$ 7,090 bilhões.

Os dados respondem à soma dos resultados de 14 incorporadoras listadas na B3 (bolsa brasileira).

No geral, o fator que mais afetou os resultados foi a redução no poder de compra da população, que assistiu o aumento considerável dos preços dos imóveis na planta devido a elevação nos custos dos materiais de construção. Além disso, segundo o Money Times, os juros dos financiamentos imobiliários pelos bancos também impactaram o setor.

Em setembro, a Caixa anunciou a diminuição de 0,4 ponto percentual nos financiamentos ligados à poupança, já os grandes bancos privados aumentaram suas taxas em aproximadamente 1 ponto.

 

Relacionadas