Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Empresas

Novonor pode levantar R$ 37,5 bi em vendas de ativos

Redação BP Moneyem 17 de setembro de 2021 20:24
  • Grupo possui 50,1% do capital votante e 38,3% do capital total da Braskem, avaliados em R$ 19,3 bilhões;
  • A Novonor possui 36,1% do capital total da Petrobras, avaliado em R$ 18,2 bilhões;
  • Os bancos com ações da Braskem em garantia têm a receber cerca de R$ 14 bilhões, assim a Novonor ficaria com R$ 5,3 bilhões.

A Novonor (nova Odebrecht) vai apresentar aos seus credores, o plano de venda de suas ações em bolsa. O grupo baiano planeja se desfazer de seus 50,1% do capital votante e 38,3% do capital total da Braskem, nas quais valem R$ 19,3 bilhões. Segundo o Valor, a apresentação deve ocorrer na próxima segunda-feira (20).

Além de vender sua fatia da Braskem, a Novonor espera vender sua participação na Petrobras, a companhia possui 36,1% do capital total da petroleira, e está avaliado em R$ 18,2 bilhões.

A nova Odebrecht pretende realizar follow-on, oferta subsequente de ações, para se desfazer dos papéis preferenciais e ordinários.Porém, o formato final da operação depende do caminho que a Petrobras vai tomar para vender suas ações, afirmou outra pessoa familiarizada com o assunto, de acordo com fontes do Valor.

A venda das ações em bolsa permitirá que o grupo baiano pague as dívidas com os bancos credores. Os bancos com ações da Braskem em garantia têm a receber cerca de R$ 14 bilhões. Ao preço de hoje, se a Novonor vender a totalidade de sua fatia, ainda ficaria com até R$ 5,3 bilhões em dinheiro, sem considerar impostos.

Relacionadas