Logo BP Money
Apple (APPL34) e Kim Kardashian lançam nova coleção de fones
Locaweb (LWSA3) é “top pick” no setor, defende BofA
Negócios

Neoenergia (NEO3) anuncia renúncia do presidente Mário Larrain

Cotado para substituí-lo é o atual diretor executivo, Eduardo Saiz

Fabio Santiago

por Fabio Santiago

10 de maio de 2022 7:48Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:26
Neoenergia (NEO3) anuncia renúncia do presidente Mário Larrain
Divulgação/Neoenergia

A Neoenergia (NEOE3) anunciou que Mário José Ruiz-Tagle Larrain, presidente da companhia, deseja renunciar ao cargo. 

Com isso, o indicado para substituição foi Eduardo Capelastegui Saiz, atual diretor executivo de Controle Patrimonial e Planejamento da Neoenergia. O anúncio foi realizado na última segunda-feira (9).

“Ele tem amplo conhecimento do setor elétrico brasileiro, acumulado ao longo de mais de 20 anos de experiência profissional no País, dos quais desde 2016 exercendo várias funções em Neoenergia”, afirmou o comunicado oficial da companhia sobre Saiz.

A previsão para cumprimento dos exercícios de Larrain no cargo vai até o dia 15 de junho deste ano. Após essa data, o atual presidente seguirá como membro do Conselho de Administração da companhia, porém, migrará para o Grupo Iberdrola (empresa espanhola que atua na distribuição de gás e energia) para desempenhar outras funções.

A nova presidência será decidida por meio da votação do Conselho da empresa, em reunião que será realizada na próxima quinta-feira (12). 

Segundo o documento divulgado pela companhia de energia, a indicação de Eduardo Saiz já será pauta da próxima reunião, para possivelmente finalizarem a eleição do presidente. 

Entretanto, como Saiz (em caso de vitória na eleição) só poderá assumir o mandato após o término da atual gestão, o diretor de Controle do negócio de Redes da companhia, Juliano Pansanato de Souza, será o cotado para finalizar o mandato de Larrain. 

Pansanato estará apto a assumir caso o Conselho de Administração da empresa confirme a indicação, para dar sequência ao mandato da atual diretoria executiva, que tem vigor até agosto de 2023.
 

Neoenergia está implementando reajustes na conta de luz

Em meio às trocas no comando, a companhia de energia também está passando por adversidades nos preços da conta de luz.

O caso mais recente aconteceu no Pernambuco, em que a Neoenergia foi notificada pela JFPE (Justiça Federal de Pernambuco) para explicar o aumento médio de 19,98% no estado.

O reajuste, que foi autorizado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) afetará cerca de 3,8 milhões de clientes pernambucanos, de acordo com dados fornecidos pela companhia elétrica.

Com isso, a Neoenergia receberá um veredito da JFPE, antes da apreciação do pedido liminar de tutela de urgência que poderá ser emitido pelo órgão de justiça.