Logo BP Money
Unipar (UNIP6) sobe 8,6% na B3, após reportar alta de 118% no lucro
Ibovespa encerra semana em alta e supera 112 mil pontos; dólar cai
Negócios

LUNA chega a valer uma fração de centavo após semana de perdas

Nesta sexta-feira (13), o token estava cotado a US$ 0,00003542

por Redação BP Money

13 de maio de 2022 11:54Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:26
LUNA chega a valer uma fração de centavo após semana de perdas
Foto:Agência Brasil

O token de governança da rede Terra, chamado de LUNA chegou ao valor de uma fração de centavo depois de uma semana turbulenta.

Nesta sexta-feira (13), o token estava cotado a US$ 0,00003542, de acordo com dados do CoinMarketCap. A moeda digital chegou a estar entre as dez maiores em capitalização de mercado e agora ocupa a 232ª posição no ranking.

No dia 3 de abril deste ano, LUNA registrou recorde de US$ 41 bilhões em capitalização de mercado. A atual capitalização é de US$ 231 milhões.

A Terra começou a derreter no início da semana, quando a stablecoin da rede perdeu o seu lastro na moeda norte-americana. O UST já dava sinais de oscilação na paridade com o dólar no final de semana. Na última segunda-feira (9), o valor despencou para US$ 0,68.

Por conta do mecanismo de emissão e queima de tokens criado pela Terra, o UST e a LUNA estão interligados, o que fez com que a quantidade de LUNA no mercado aumentasse muito. 

LUNA derrete 50% na terça-feira

Na terça-feira (10), a plataforma já tinha derretido 50% após a corretora de cripto Binance, a maior do mundo no segmento, anunciar a suspensão de saques do token. Na quarta (11), LUNA e UST entraram em processo de queda livre, com perdas diárias que registraram 94% e 45% respectivamente.

Na última quinta-feira (12), a Binance declarou que não iria negociar contratos futuros com a LUNA após o token chegar a US$ 0,02. A Terra anunciou que as suas atividades em seu blockchain seriam suspensas para evitar um ataque.

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, afirmou que está decepcionado com a forma que a Terra lidou com a crise.

"Estou muito decepcionado com como esse incidente de UST/LUNA foi tratado (ou não tratado) pela equipe de Terra. Pedimos a equipe para reiniciar a rede, queimar LUNAs emitidos em excesso e recuperar o lastro de UST. Até agora não tivemos nenhuma resposta positiva, sequer tivemos muitas respostas", acrescentou em comunicado no Twitter.