Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Negócios

Lucia Maggi: conheça a mulher mais rica do Brasil

A fortuna da empresária é estimada em US$ 6,9 bilhões (cerca de R$ 32,3 bilhões), segundo a revista Forbes

por Redação BP Money

12 de abril de 2022 10:17Atualizado em: 31 de maio de 2022 9:32
Lucia Maggi: conheça a mulher mais rica do Brasil
Foto: Arquivo / Amaggi

Empresária de 89 anos, Lucia Maggi é a mulher mais rica do Brasil segundo a revista Forbes deste ano, com fortuna estimada em US$ 6,9 bilhões (cerca de R$ 32,3 bilhões).

Uma dos expoentes do agronegócio brasileiro, Lucia Maggi lidera a lista das oito bilionárias brasileiras da revista, à frente, inclusive, de Luiza Trajano, presidente do conselho do Magazine Luiza (MGLU3). 

Lucia Maggi e a história no agronegócio brasileiro

Com a fundação do Grupo Amaggi, em 1977, em São Miguel do Iguaçu, no Paraná, Lucia e o marido, André, iniciaram juntos a empresa que se tornaria uma das maiores exportadoras de soja do mundo.

A companhia chegou ao Mato Grosso, estado-símbolo do cultivo do grão, dois anos depois. No início do século XXI, com a morte de seu marido, a viúva tornou-se principal acionista da empresa. 

O grupo expandiu e passou do simples plantio para o processamento de grãos, comercialização de insumos agrícolas, geração de energia elétrica e operações logísticas. 

Leia também: Bilionários: dois jovens brasileiros entram na lista da Forbes

Ainda de acordo com a Forbes, a Amaggi tem uma receita de R$ 23,51 bilhões, ocupando a 13ª posição na lista das 100 maiores empresas do agronegócio no país. 

Filho influente e ministro da Agricultura

Mãe de cinco filhos, Lucia viu o filho Blairo Maggi se destacar na política. Além de ser um dos acionistas da empresa, ele foi governador de Mato Grosso por dois mandatos (2003 e 2007), senador e ministro da Agricultura no governo Michel Temer.

Conhecido como "Rei da Soja", Blairo foi considerado, também pela Forbes, uma das pessoas mais influentes do mundo. Em contrapartida, foi "carinhosamente" chamado de Motosserra de Ouro pelo Greenpeace, em 2005. 

Oito anos depois, mesmo após forte resistência de parlamentares ligados ao movimento ambientalista, Maggi assumiu a presidência da Comissão de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle do Senado.

Após Michel Temer assumir a presidência da República, o filho de Lucia Maggi tornou-se ministro da Agricultura.