Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir
Logo BP Money
Imposto de Renda: Receita Federal libera consulta da restituição
Drake perde mais de R$ 1 milhão após apostar em piloto da Ferrari na Fórmula 1
Paola Carosella: restaurante de chef é atacado nas redes após polêmica
Negócios

Hotel brasileiro é eleito o segundo melhor do mundo em 2022

A eleição é feita pelo Traveller's Choice Awards, do TripAdvisor, e se baseia nas opiniões dos próprios usuários da plataforma

por Redação BP Money

13 de maio de 2022 14:54Atualizado em: 13 de maio de 2022 15:00
Hotel brasileiro é eleito o segundo melhor do mundo em 2022

O hotel brasileiro, Colline de France, foi eleito o segundo melhor do mundo em 2022 pelo Traveller's Choice Awards, do TripAdvisor. A premiação se baseia nas opiniões dos próprios usuários da plataforma. 

A lista, divulgada anualmente, chegou a ter o hotel brasileiro no topo em 2021, mas acabou tendo o Tulemar Bungalows & Villas, na Costa Rica, como o mais novo bem ranqueado. O estabelecimento de luxo, que fica situado em Gramado, no Rio Grande do Sul, foi inaugurado em 2018 e percente ao casal Jonas e Ana Clara Tomazi. 

Foto: Divulgação 

Hotel brasileiro com raízes francesas

Dona do Colline de France, Ana Clara Tomazi definiu seu estabelecimento como uma grande história de amor. Construído para unir o casal, surgiu para que os Tomazi passassem mais tempo juntos, numa época em que ela precisava viajar com uma frequência maior. 

A ligação com a França vem da paixão que o casal tem pelo país europeu. “Gramado tem um toque europeu e abriga muitos empreendimentos germânicos, italianos, suíços, holandeses – mas não franceses. Pensamos: por que não resgatar essa essência da cidade, que está se perdendo com a chegada dos grandes resorts, e trazer a França, a terra dos eternos apaixonados? Foi daí que o olho brilhou”, disse Ana Clara em entrevista a Forbes. 

O Colline é baseado, mais especificamente, no Segundo Império. “Queremos que a experiência também seja uma imersão intelectual, na qual podemos proporcionar aos hóspedes um pouco mais daquela época francesa”, afirmou a proprietária.

Tudo bem organizado e planejado, até o cheiro foi escolhido a dedo pelos donos, a fim de trazer uma identidade olfativa por todo o estabelecimento. Para isso, desenvolveram um aroma peculiar próprio, com toques de baunilha, menta e lavanda. 

Foto: Divulgação 

O Colline é dividido em cinco categorias, com cada uma delas com decoração própria e paleta de cores inspirada em grandes grifes de luxo, como Chanel, Fendi e Givenchy. A mais luxuosa, batizada de Imperial, tem seis unidades com conceitos e decorações únicas, de maneira que “os hóspedes podem ficar dez vezes no Coline e, em todas elas, experimentar quartos completamente diferentes”, explicou Ana Clara.

Leia também: Messi cai em golpe após comprar hotel luxuoso

As diárias do hotel brasileiro variam de acordo com a sazonalidade. Elas custam a partir de R$ 600 na baixa temporada, podendo atingir mais de R$ 5 mil em épocas de maior procura.