Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Empresas

Facebook registra lucro de R$ 51 bi no 3º tri

Redação BP Moneyem 25 de outubro de 2021 18:49
  • O lucro por ação foi de US$ 3,22 no período e ficou acima da previsão de US$ 3,19 feita por analistas do FactSet;
  • A receita da companhia ficou em R$ 161,17 bilhões, um avanço de 35% ante ao registrado no mesmo intervalo do ano passado, mas abaixo das estimativas de R$ 164,28 bilhões;
  • Para o próximo trimestre, a companhia espera uma receita entre R$ 175 bilhões e R$ 188,89 bilhões.


O Facebook registrou lucro líquido de US$ 9,194 bilhões (R$ 51,08 bilhões na cotação atual) no segundo trimestre deste ano, o que representa uma alta de 17% em comparação com o mesmo período de 2020. O lucro por ação foi de US$ 3,22 no período e ficou acima da previsão de US$ 3,19 feita por analistas do FactSet, seguindo a tendência da temporada atual de resultados acima da estimativa.

A receita da companhia ficou em US$ 29,010 bilhões (R$ 161,17 bilhões), um avanço de 35% ante ao registrado no mesmo intervalo do ano passado. Porém, o número veio abaixo dos US$ 29,57 bilhões (R$ 164,28 bilhões) esperados por analistas do mercado financeiro consultados pela Refinitiv.

O número de usuários ativos diariamente em setembro subiu 6% na base anual, de acordo com o Facebook, em uma média de 1,93 bilhão.

“Estamos dedicando recursos significativos para nossos produtos e serviços de realidade aumentada e virtual, que são uma parte importante de nosso trabalho para desenvolver a próxima geração de experiências sociais online. As novas divulgações do segmento fornecerão informações adicionais sobre o desempenho da FRL e os investimentos que estamos fazendo”, disse Zuckerberg, em nota.

Para o próximo trimestre, a companhia espera uma receita entre US$ 31,5 bilhões (R$ 175 bilhões) e US$ 34 bilhões (R$ 188,89 bilhões).

“Nossa perspectiva reflete a incerteza significativa que enfrentamos no quarto trimestre, dados os continuos obstáculos provocados pelas mudanças do iOS 14 da Apple, fatores macroeconômicos e relacionados à covid-19”, disse a empresa.
 

Relacionadas