Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir
Logo BP Money
Imposto de Renda: Receita Federal libera consulta da restituição
Drake perde mais de R$ 1 milhão após apostar em piloto da Ferrari na Fórmula 1
Paola Carosella: restaurante de chef é atacado nas redes após polêmica
Negócios

Elon Musk diz que compra do Twitter (TWTR34) está temporariamente suspensa

Após anúncio do bilionário, ações da empresa caíram quase 20%

por Fabio Santiago

13 de maio de 2022 9:05Atualizado em: 13 de maio de 2022 9:06
Elon Musk diz que compra do Twitter (TWTR34) está temporariamente suspensa

O bilionário Elon Musk afirmou que o acordo para compra do Twitter está "temporariamente suspenso", em postagem publicada na própria rede social nesta sexta-feira (13).

De acordo com Elon Musk, ainda não há um consenso sobre contas falsas circulando na plataforma.

"O acordo (para a compra) do Twitter está temporariamente suspenso por pendências em detalhes que sustentam que contas falsas de fato representam menos de 5% dos usuários", afirmou, em um post na rede social.

As ações da rede social caíram em quase 20% após a postagem realizada pelo homem mais rico do mundo.

O bilionário anunciou no dia 25 de abril que entrou em um acordo de compra com o Twitter, após semanas de negociações. Na ocasião, Musk se tornou detentor de 100% das ações da empresa, operação estimada em US$ 44 bilhões.
 

Compra do Twitter passou a ser “dificultada” para Elon Musk

A estimativa realizada pelo Twitter no início de maio indicava que menos de 5% dos usuários ativos e monetizáveis da plataforma possuíam contas falsas ou de spam.

Porém, diversos acionistas passaram a contestar a compra o homem mais rico do mundo.

Durante o anúncio da compra, alguns investidores se manifestaram sobre possível desconfiança de Musk em não desembolsar o aporte necessário.

Com isso, naquela ocasião, Musk declarou que garantiu US$ 25,5 bilhões em financiamento de dívida e empréstimo de margem, e se comprometeu com o fornecimento de capital de US$ 21 bilhões.

Entretanto, dias após a declaração, o Twitter anunciou que o bilionário teria que pagar uma taxa de US$ 1 bilhão à empresa, caso desistisse em definitivo do acordo de compra.

Além disso, no último dia 6, Musk e o Twitter foram processados ??pelo Orlando Police Pension Fund, um fundo de pensão da Flórida, que visa impedir a compra do dono da SpaceX antes de 2025.
 

Musk já declarou suas possíveis mudanças na plataforma

Desde o anúncio da possível aquisição, o bilionário confirmou que uma de suas prioridades seria remover os "bots de spam" da plataforma.

O dono da Tesla também falou sobre a liberdade de expressão na plataforma, que, para ele, seria um dos pilares para um bom aproveitamento dos serviços do Twitter.

“Tornar o Twitter melhor do que nunca ao aprimorar o produto com a adição de novos recursos. O Twitter tem muito potencial e estou ansioso para trabalhar em conjunto com a companhia e a comunidade de usuários”, disse Elon Musk.