Logo BP Money
Apple (APPL34) e Kim Kardashian lançam nova coleção de fones
Locaweb (LWSA3) é “top pick” no setor, defende BofA
Negócios

Carrefour (CRFB3) anuncia conclusão de compra do Grupo BIG Brasil

Companhia também confirmou Abilio Diniz como vice-presidente do conselho

por Redação BP Money

7 de junho de 2022 8:49Atualizado em: 7 de junho de 2022 11:07
Carrefour (CRFB3) anuncia conclusão de compra do Grupo BIG Brasil
Reuters/Paulo Whitaker

O Grupo Carrefour (CRFB3) informou que concluiu a aquisição do grupo BIG Brasil através de um fato relevante emitido na CVM (Comissão de Valores Imobiliários) nesta terça-feira (7).

O grupo também assinou um novo acordo com os acionistas e definiu a nova composição do Conselho de Administração, que será julgado na AGE (Assembleia Geral Extraordinária) do Carrefour para possível aprovação.

De acordo com o documento enviado, a finalização da compra permite à empresa ser a líder do setor de vendas e varejo, com uma cobertura que cobre todo o Brasil e coloca a varejista entre as 10 maiores companhias do País.

Além disso, o Carrefour também reiterou que seu novo Conselho de Administração terá 13 membros efetivos e 3 independentes, e já nomeou os cargos mais importantes.
 

Carrefour elegeu Abílio Diniz como novo vice-presidente de conselho

Entre os nomeados, o empresário Abílio Diniz é indicado como novo vice-presidente do conselho da companhia, deixando seu antigo cargo de membro.

Além dele, ficou definido que Alexandre Bompard, presidente da varejista no mundo, será o presidente do Conselho.

Com isso, a companhia norte-americana de private equity e antiga sócia controladora do Grupo BIG, a Advent (ADN), passou a ser acionista minoritária e também poderá indicar novos nomes para as demais vagas do conselho.

Neste caso, a transação envolvendo o Carrefour e o Grupo BIG rendeu R$ 2,25 bilhão para os cofres da Advent, que agora possui quase 6% das ações da varejista brasileira.

Agora, com a mudança do cargo de Abílio Diniz no Conselho, os acionistas aguardam que a Península Participações - companhia do empresário - e os investidores franceses do Carrefour tenham sido diluídos ao longo do processo de compra.

Isso porque a Península possui 7,2% da varejista, enquanto os franceses detêm cerca de 67,5% da mesma. Já os restantes dos papéis da companhia brasileira estão no mercado.

O Carrefour já confirmou que a reunião do Conselho de Administração acontecerá ainda nesta terça-feira (7), a fim de definir a nova composição do colegiado, visto que, antes de confirmadas, as indicações precisam da votação conjunta do conselho.