Logo BP Money
Bolsas americanas têm quarta semana de alta
Ikea inaugura primeira loja na América do Sul
Negócios

Buffet compra seguradora por US$ 11,6 bi

Aquisição é a maior em 6 anos

por Redação BP Money

22 de março de 2022 11:36Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:32
Buffet compra seguradora por US$ 11,6 bi
Foto: Reprodução/ The New York Times

A Berkshire Hathaway, companhia de Warren Buffett, realizou na última segunda-feira (22) sua maior aquisição dos últimos seis anos, através da compra da seguradora Alleghany por US$ 11,6 bilhões.

De acordo com a nota da Alleghany, a Berkshire “adquirirá todas as ações em circulação da seguradora por US$ 848,02 por ação em dinheiro”.

“O preço de aquisição representa um múltiplo de 1,26 vezes o valor contábil da Alleghany em 31 de dezembro de 2021, um prêmio de 29% em relação ao preço médio das ações da Alleghany nos últimos 30 dias e um prêmio de 16% em relação ao preço de fechamento máximo de 52 semanas da Alleghany”, afirmou.

Segundo a XP Investimentos, "a Alleghany é a dona da seguradora Transatlantic e está ligada a vários negócios diferentes de seguros, o que expandirá o grande portfólio de seguradoras da Berkshire”.

Buffett declarou que “a Berkshire será um lar permanente perfeito para a Alleghany, uma empresa que observo de perto há 60 anos”.

A transação só perde para a compra da Precision Castpart, por US$ 37 bilhões.

Ainda para XP, “o segmento de seguros é primordial para a Berkshire, já possuindo o seguro de automóveis Geico, resseguro pela General Re e outros setores que proporcionaram o crescimento da companhia nos últimos anos”.

“O analista da CFRA Research, Cathy Seifert, afirma que para a companhia de Warren Buffet, a transação aumentará sua presença nos segmentos de seguros especializados em que as condições do mercado permanecem atraentes para o crescimento. Em adição, cabe apontar que o valor da compra de US$ 11,6 bilhões é pequeno em comparação a reserva de caixa da companhia de US$ 146,72 bilhões ao final de 2021”, explicou a corretora.

A aquisição de ser finalizada no quarto trimestre deste ano e segundo comunicado da seguradora, a transação está “sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo aprovação dos acionistas da Alleghany e recebimento de aprovações regulatórias”.

“A Alleghany continuará a operar como uma subsidiária independente da Berkshire Hathaway após o fechamento. O Sr. Kirby, que controla 2,5% das ações ordinárias da Alleghany, pretende votar suas ações para a transação”, disse.