Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Negócios

Bradesco (BBDC4) registra alta 11,4% no lucro do 2T22

O banco registrou lucro líquido recorrente de R$ 7,04 bilhões no 2T22

por Redação BP Money

4 de agosto de 2022 18:46Atualizado em: 4 de agosto de 2022 18:49
Bradesco (BBDC4) registra alta 11,4% no lucro do 2T22
Resultado ficou acima do esperado / Google Creative Commons

O Bradesco (BBDC4) divulgou seu balanço do segundo trimestre de 2022. O banco teve lucro líquido recorrente de R$ 7,04 bilhões entre abril e junho, um avanço de 11,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. O número ficou acima do esperado. A projeção Refinitiv era de lucro de R$ 6,78 bilhões.

O lucro líquido contábil somou R$ 7,07 bilhões, alta de 18,4% ante mesmo período do ano passado.

As receitas de prestação de serviços ficaram em R$ 9 bilhões no trimestre, alta de 6,7% na comparação anual e de 4,2% na comparação trimestral.

De acordo com o Bradesco, o resultado refletiu o desempenho das receitas de prestação de serviços, das operações de seguros, além do controle das despesas operacionais.

A carteira de crédito expandida atingiu R$ 855 bilhões, uma alta de +18% ante mesmo período do ano anterior. As operações de pessoas físicas se destacaram, principalmente produtos de cartão de crédito e crédito pessoal/consignado.

“Em linha com essa evolução e em um movimento já esperado – dado o mix da carteira, que conta com operações mais rentáveis, e a alta nos juros/inflação – as despesas com PDD e índices de inadimplência também apresentaram crescimento”, relatou o Bradesco.

Bradesco (BBDC4) registrou lucro de R$ 6,8 bilhões no 1T22

Nos primeiros três meses de 2022, o Bradesco (BBDC4) teve lucro de R$ 6,821 bilhões. O valor representou uma alta de 4,7% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. 

O lucro líquido contábil foi de R$ 7,009 bilhões, uma alta de 13,9% frente ao mesmo intervalo do ano passado. A margem financeira com clientes teve alta de 19,6% na comparação ano a ano.

As receitas de prestação de serviços do Bradesco ficaram em R$ 8,611 bilhões nos primeiros três meses de 2022, uma alta de 6,7% na comparação anual. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, houve uma queda de 2,9% na receita de prestação de serviços.