Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Empresas

BofA vê 2022 com desafios para setor de óleo e gás

Redação BP Moneyem 14 de janeiro de 2022 17:57

    O Bank of America (BofA) revisou o setor de petróleo e gás da América Latina nesta sexta-feira (14) no qual revelou que para 2022 prevê que o ano seja desafiador para o setor.

    Os especialistas ponderam que por um lado os preços do petróleo no mercado, com cotação estimada de US$ 85 o barril, vão apoiar as receitas, de outro, o ganho pode ser mitigado pela crise econômica e pela instabilidade política.

    Nesse cenário, o banco corrigiu a recomendação de Ultrapar de compra para neutro e o preço-alvo de R$ 23,15 para R$ 15,50, potencial de alta de 15,8% sobre o fechamento desta quinta-feira (13).

    Outra recomendação que sofreu alteração foi os aéis da Petrobras e Braskem, com preços-alvo de R$ 43,50 para R$ 40,50, e de R$ 84 para R$ 80, respectivamente, potenciais de alta de 33,5% e 53,7%, reiterando compra.

    De acordo com a avaliação dos especialistas do BofA, com a aproximação das eleições, o ritmo de desinvestimento de ativos será reduzido e juntamente trazer instabilidade.  O banco vê que avanços na venda de refinarias pode ser uma surpresa positiva.

    Enquanto que para a Ultrapar, a análise é de que  a empresa pode ter lucro pressionado nos próximos um a dois anos, após o movimento de desinvestimento de ativos, e enquanto a reestruturação da rede de postos Ipiranga acontece. “Continuamos a ver bom potencial no negócio principal de distribuição”, afirma o analista Frank McGann.
     

    Relacionadas