Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Empresas

BofA aposta em valorização superior a 80% para ação da Raízen

Redação BP Moneyem 27 de outubro de 2021 16:00
  • A projeção se apoia nos preços das commodities agrícolas em meio a temporada de resultados do 3TRI21;
  • A recomendação do BofA sugere adquirir a empresa com o preço alvo de R$ 12 por ação, o que poderia render alta de 83% em um ano;
  • Os resultados do terceiro trimestre da companhia devem ser divulgados no dia 11 de novembro.

O Bank of America aposta em uma valorização superior a 80% para a ação da Raízen (RAIZ4) nos próximos 12 meses, contando com os preços das commodities agrícolas em meio a temporada de resultados do 3º trimestre.

A recomendação do BofA sugere adquirir a empresa com o preço alvo de R$ 12 por ação, o que poderia render alta de 83% em um ano, se considerado o valor de fechamento no dia 26 de outubro, a R$ 6,55 por papel.

"O mercado ainda não precificou o potencial da Raízen, que deve se apoiar na valorização das commodities e do aumento de preços dos combustíveis no Brasil. Estimamos que o ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) ajustado some R$ 3,3 bilhões no trimestre passado, sendo R$ 2,37 bilhões apenas das operações de açúcar e de energias renováveis", disse a instituição.

Para alguns analistas, um ponto importantíssimo para o avanço da Raízen no 3TR21 é o setor de sucroenergia. Na comparação anual, os preços do açúcar e do etanol comercializados pela empresa devem saltar 36% e 57%, respectivamente, na cotação do real.

Os resultados do terceiro trimestre da companhia devem ser divulgados no dia 11 de novembro.

Relacionadas