Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Empresas

Aquisição do Extra foi 'cara demais', diz Itaú

Redação BP Moneyem 15 de outubro de 2021 17:16
  • O Itaú BBA disse que a avaliação por loja (custo + investimento de transformação) é muito alta;
  • Segundo o banco, entre custo e modernização, a avaliação teria passado da casa dos R$ 100 milhões, enquanto estima-se que uma nova loja custe R$ 65 milhões.

Analistas do mercado avaliam que a compra de 71 supermercados do Extra Hiper, subsidiária do Grupo Pão de Açúcar, pelo Assaí por R$ 5,2 bilhões foi elevada demais. A aquisição agitou bastante a bolsa de valores nesta sexta-feira (15)

Em relatório, o Itaú BBA disse que a avaliação por loja (custo + investimento de transformação) é muito alta, e que o acordo deveria ter passado por uma aprovação dos acionistas minoritários antes de ser selado. 

“Estamos profundamente incomodados com o fato que a minoria acionista não está participando do fechamento desta operação, e que o Assaí está pagando a maior avaliação por loja que já vimos”, relataram especialistas do banco. 

O problema é que o Pão de Açucar e o Assaí possuem o mesmo controlador, o grupo Casino. De acordo com os analistas do Itaú BBA, entre custo e modernização, a avaliação por loja teria passado da casa dos R$ 100 milhões, enquanto estima-se que uma nova loja custe em torno de R$ 65 milhões. A instituição rebaixou a recomendação do Assaí de compra para manutenção.

Relacionadas