Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Negócios

AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil

A empresa tem como objetivo fazer entregas internacionais em um prazo de sete dias em território brasileiro

por Redação BP Money

26 de junho de 2022 16:17Atualizado em: 26 de junho de 2022 17:11
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Divulgação

A AliExpress, marketplace do grupo chinês Alibaba, anunciou que irá ampliar o número de voos de transporte de mercadorias do exterior para o Brasil. O anúncio foi feito na última sexta-feira (24).

De acordo com a “Reuters”, o número de voos por semana vai passar de seis para oito e, segundo a AliExpress, permitirá “realizar a entrega de um pedido internacional no território brasileiro em, no máximo, sete dias”.

A companhia também anunciou que na próxima semana irá promover “sua maior ação de descontos no Brasil” neste ano. A campanha ocorre três meses após uma ação promocional realizada em março.

Leia também: Bolsonaro descarta taxar compras de Shopee, Shein e AliExpress

“As vendas na data (27 de março) registraram alta de de 190% em relação a igual período do ano anterior” afirmou a diretora do AliExpress, Briza Bueno, em comunicado à imprensa.

O anúncio vem em meio à ações de outros grupos internacionais, como o Shopee, do SeaGroup, de se fortalecer em território nacional. Além disso, varejistas locais estão começando a sentir o peso dos juros e da alta inflação sobre as compras dos consumidores.

Shopee: da ascensão à queda?

O Shopee, por exemplo, anunciou há cerca de dois meses a inauguração de um segundo escritório na cidade de São Paulo. O marketplace com sede em Singapura também irá promover uma campanha de descontos no dia 7 de julho.

No entanto, também na sexta-feira, foi noticiado que a Shopee demitiu 50 dos cerca de 1,5 mil que compõem o quadro de funcionários no Brasil. As demissões foram atribuídas à rotatividade e, segundo a companhia, não está relacionada à recente mudança de política de frete grátis no País.

Leia também: Shopee promove demissões em vários países do Sudeste asiático

O Shopee ganhou muitos clientes quando chegou ao Brasil com a premissa de frete grátis independente do preço da compra. Mas, no início de junho, o frete grátis passou a valer apenas para compras acima de R$ 29,00 e somente quando a taxa de entrega fica abaixo de R$ 20,00.

Assim como Shopee e AliExpress, empresas de varejo brasileiras estão sentindo o impacto da inflação e da alta de juros. De acordo com a Cielo, o crescimento das vendas nesse setor está desacelerando. Apesar da alta de 6,9% no volume de vendas em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve forte desaceleração ante abril, quando houve aumento de 20,5%.