Logo BP Money
Apple (APPL34) e Kim Kardashian lançam nova coleção de fones
Locaweb (LWSA3) é “top pick” no setor, defende BofA
Mercado

Para Dahlia Capital, Brasil está muito barato

Bate papo aconteceu durante a Expert XP, que ocorre nesta quarta-feira (3)

por Redação BP Money

3 de agosto de 2022 15:32Atualizado em: 3 de agosto de 2022 15:36
Para Dahlia Capital, Brasil está muito barato
Dahlia Capital avalia bolsa brasileira em bate papo na Expert XP/Divulgação

A bolsa brasileira se encontra em patamares historicamente baratos e, por isso, oferece oportunidades atualmente, de acordo com a avaliação dos gestores da Dahlia Capital, em bate papo na Expert XP, que acontece nesta quarta-feira (3).

Segundo José Rocha, co-CEO da Dahlia, os níveis atuais do preço por lucro estão nos mesmos patamares da crise de 2008.

“Estamos com uma cabeça de risco neutro. Achamos o Brasil muito barato, quando olhamos o PL está em 6x, com esse nível só em 2008, quando a geração de caixa livre era 0, agora na casa de 10%. Então é caixa redondo e baratas na Bolsa. As empresas nunca tiveram tanto lucro” disse.

De acordo com ele, apesar dos patamares baratos, o cenário macroeconômico internacional ainda preocupa.

“Quando olhamos para esses dois fatores a vontade é comprar tudo de Brasil, mas precisamos dormir a noite e com o cenário de EUA e China desacelerando, faz com que você precise de cautela. A nossa maior posição é Eletrobras, seguido de Eneva, são casos de valuation barato, defensivo, e não precisam do macro” afirmou.

“Já depois é setor financeiro, com os bancões e no consumo a Localiza, por exemplo, que desde que listou tem um retorno médio de 25% ao ano. É uma empresa que ela mora a tarefa dela, mas que o concorrente não consegue sobreviver”, completou o gestor.