Logo BP Money
Apple (APPL34) e Kim Kardashian lançam nova coleção de fones
Locaweb (LWSA3) é “top pick” no setor, defende BofA
Mercado

Ibovespa abre em leve alta com tensões entre China e EUA e resultados corporativos; dólar sobe

Por volta das 10h10 (de Brasília), o índice valorizava 0,03% a 103.393 mil pontos

Mage Cotait

por Mage Cotait

3 de agosto de 2022 9:07Atualizado em: 3 de agosto de 2022 10:17
Ibovespa abre em leve alta com tensões entre China e EUA e resultados corporativos; dólar sobe
Ibovespa abre em leve alta; dólar sobe/Foto:Freepik

O Ibovespa opera em leve alta nesta quarta-feira (3). Por volta das 10h10 (de Brasília), o índice valorizava 0,03% a 103.393 mil pontos, puxado pela intensificação das tensões geopolíticas entre os EUA e a China após a visita da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, à ilha de Taiwan, além da divulgação de resultados corporativos. Enquanto isso, o dólar registra novas altas no início do pregão.

Os mercados de Nova York, junto com os mercados europeus, operam em alta. Já as bolsas asiáticas fecharam mistos nesta manhã de quarta-feira (3), com as tensões políticas entre os EUA e a China. 

Os americanos estão no aguardo pela divulgação dos números de demanda de hipotecas e os dados do PMI, que ocorrerá nesta quarta (3).

Depois que três presidentes do Fed sugeriram, na última terça-feira (2), que mais aumentos de juros seriam necessários para combater a alta inflação, mais Fed boys voltam a falar. 

Já no cenário nacional, o Copom deve elevar a taxa Selic após as 18h30, a expectativa é uma alta de 13,75%. Porém, em destaque está a dúvida se o Banco Central encerrará ou não o ciclo de aperto monetário.

Com isso, o dólar opera em alta na manhã desta quarta (3). Às 10h07(horário de Brasília), a moeda norte-americana registrava valorização de 1,68%, vendida a R$ 5,26. 

Bolsas Europeias

Os mercados europeus operam em alta nesta quarta-feira (3) puxados pelas tensões políticas entre China e EUA e divulgação de resultados corporativos do 2T22 de grandes empresas, como da BMW e Banco BPM. 

- DAX (Alemanha), +0,44%
- FTSE 100 (Reino Unido), +0,34%
- CAC 40 (França), +0,70%
- FTSE MIB (Itália), +0,59%

Bolsas Asiáticas 

Os mercados asiáticos fecharam mistos, à medida que as tensões geopolíticas entre os EUA e a China se intensificaram. 

Hua Chunying, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, afirmou em um tweet que a visita da presidente da câmara dos EUA foi uma “grande provocação política”.

O Índice de Gerentes de Compras de Serviços Caixin da China para julho chegou a 55,5, acima dos 54,5 de junho, sendo o mais alto desde abril de 2021, segundo o "Eikon''.

- Nikkei (Japão), +0,53%
- Kospi (Coreia do Sul), +0,89%
- Hang Seng Index (Hong Kong), +0,40%
- Shanghai SE (China), -0,71%

Notícias Corporativas

A Cielo (CIEL3) divulgou seus resultados do 2T22, sendo eles: lucro líquido consolidado de R$ 635,3 uma alta de 252,2% na comparação anual e ficando 122,2% acima do consenso da Refinitiv, que tinha a expectativa de um lucro de R$ 285,92 milhões. O lucro recorrente da empresa foi de R$ 383 milhões, ficando 33,95% acima do consenso. 

A Copasa (CSMG3) divulgou o lucro líquido do 2T22, que foi de R$ 180,3 milhões, uma baixa de 23,9% na comparação anual. 

Agenda

Nesta quarta-feira (3), o Copom deve elevar a taxa Selic após as 18h30, a expectativa é uma alta de 13,75%. Além disso, dados do PMI de serviços e composto serão divulgados às 10h. Às 11h, Paulo Guedes tem reunião com o fundador e CEO do Nubank, David Vélez. 

Enquanto às 14h30 serão divulgados dados do fluxo cambial semanal, às 14h45 será divulgada a pesquisa eleitoral do PoderData e às 17h, Paulo Guedes dará palestra na Expert XP 2022.