Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir
Logo BP Money
Infleet: logtech baiana capta R$ 2,6 milhões com DOMO e Bossanova liderando
iFood: usuários reclamam de restaurantes falsos que não entregam pedidos
Controle financeiro: 10 melhores aplicativos de finanças pessoais
Mercado

Goldmans Sachs: Renner pode subir 41%

O banco reiterou sua tese de compra, com projeção de alta de 41,5% nos papéis, a R$ 37 por ação ordinária.

por Redação BP Money

21 de janeiro de 2022 18:06
Goldmans Sachs: Renner pode subir 41%

O Goldman Sachs avaliou como inesperado o anúncio da Lojas Renner  de intenção de recompra de até 18 milhões de ações, e reiterou sua tese de compra, com projeção de alta de 41,5% nos papéis, a R$ 37 por ação ordinária.

Na sessão do último dia útil desta semana, sexta-feira (21), o primeiro após a divulgação do programa de recompra, as ações da Renner sobem 1,91% segundo cotação por volta das 17h. Mais cedo, os papéis chegaram a beirar 3% de alta.

Com a cotação de R$ 26,14 do fechamento do pregão anterior ao anúncio, o valor total da recompra custaria cerca de R$ 500 milhões aos cofres da varejista de moda.

“A empresa afirmou que se trata de uma forma alternativa de retorno de valor aos acionistas, além de dividendos e juros sobre o capital próprio. O movimento otimiza a sua estrutura de capital. Estimamos que a alavancagem ficou em zero vezes a dívida líquida sobre EBITDA (incluindo arrendamentos) no final de 2021 e um caixa líquido de 0,1 vez no final de 2022″.