Logo BP Money
China: exportações crescem acima do esperado em julho
Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos bilionários em 2022
Mercado

BDR da Amazon (AMZO34) valorizou 850%? Entenda

Amazon divulgou resultados na semana passada; números vieram acima da expectativa e ações subiram

Juliano Passaro

por Juliano Passaro

1 de agosto de 2022 16:36Atualizado em: 2 de agosto de 2022 11:28
BDR da Amazon (AMZO34) valorizou 850%? Entenda
Caixa da Amazon (Divulgação)

O investidor que detém BDRs da Amazon (AMZO34) na carteira se surpreendeu ao abrir o aplicativo de sua corretora, na manhã desta segunda-feira (1). Isso porque ocorreu um bug devido ao desdobramento de ações da gigante de tecnologia, realizado em junho. O Google Finanças, por exemplo, mostrava uma suposta valorização de 849,51% do BDR no período de um mês.

De acordo com o especialista Guilherme Zanin, analista da Avenue, a valorização não passou de um bug do sistema. “É um bug. BDRs são recibos, não são ações, por isso demoram mais para ajustar o preço. Um dos grandes destaques recentes foi o desdobramento (split das ações) da Amazon. Para cada ação, os acionistas ganharam 20”, explicou Zanin.  

O desdobramento de ações da Amazon, de um para 20, foi anunciado em junho deste ano. Esta ferramenta é utilizada, na maioria das vezes, por empresas que possuem ações a um valor muito elevado. Assim, o intuito das companhias que têm ações com valor alto é dividir o papel para quem já tem em “mais pedaços” e tornar o preço mais atrativo para novos investidores.

As ações da Amazon fecharam o último dia antes do desdobramento das ações (6 de junho) cotadas a US$ 2.447. Após o split, passaram a valer US$ 122,35. Nesta segunda-feira (1), as ações da gigante de tecnologia operam em alta de 0,44%, por volta das 16h (horário de Brasília), cotadas a US$ 135,57.

Veja também: BDR da Amazon: usuários relatam lucros exorbitantes após bug

“Em dados históricos, a gente consegue ver que empresas que fazem split normalmente tem uma performance superior nos 6 meses seguintes, mas de qualquer forma esse resultado acaba sendo interessante para quem tem ações da Amazon, porque agora vai ter o seu patrimônio (mesmo valor) em maior quantidade”, disse Zanin. 

“As cotações que acabam parecendo grandes valorizações ou desvalorizações em um dia é apenas uma falha do sistema que precisa ser atualizada. Acaba gerando uma distorção de preços”, complementou o analista.

Apesar do desdobramento de ações ter sido efetuado há quase dois meses, os BDRs sentiram tal mudança nesta segunda. Nas redes sociais, usuários questionaram a alta anormal dos BDRs, que não passou de um bug do sistema. 

Resultados da Amazon no 2T22 

A Amazon apresentou um prejuízo de US$ 2,02 bilhões no segundo trimestre de 2022. Mesmo assim, as ações da companhia tiveram alta de 12% no dia da divulgação dos resultados. No mesmo período de 2021, a empresa teve lucro de US$ 7,77 bilhões.

Saiba mais: Amazon (AMZN) tem alta de 7% na receita líquida e dispara no aftermarket

Segundo Zanin, mesmo com o prejuízo, os números vieram acima das expectativas do mercado, e por isso as ações subiram. 

“Inclusive isso fez com que as ações da Amazon saltassem 12% na semana passada, um dia após o resultado. Entre os grandes destaques, a empresa cresceu, não só em sua receita, em um ambiente mais desafiador, como o seu segmento de Cloud, que cresceu 40% e possui margens bastante elevadas”, destacou o analista da Avenue.