Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir
Logo BP Money
Paola Carosella: restaurante de chef é atacado nas redes após polêmica
Infleet: logtech baiana capta R$ 2,6 milhões com DOMO e Bossanova liderando
iFood: usuários reclamam de restaurantes falsos que não entregam pedidos
Mercado

Ações da Petrobras despencam após falas de Lula sobre dividendos

O ex-presidente do Brasil afirmou que a petroleira deveria investir em refinarias invés de pagar os proventos

por Leonardo Almeida

28 de janeiro de 2022 17:28
Ações da Petrobras despencam após falas de Lula sobre dividendos


As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) vêm sendo um dos maiores destaques negativos do Ibovespa na sessão de desta sexta-feira (28). Os papéis da estatal caem após o ex-presidente Lula realizar novas críticas à atual diretoria da petrolífera, chegando a afirmar que a companhia deveria investir em refinarias invés de pagar dividendos aos acionistas, durante entrevista à Rádio Liberal, do Pará, nesta sexta-feira (28).

“Nossas refinarias poderiam estar produzindo muito mais gasolina e não estão. Estamos com uma ociosidade por volta de 20 a 30%. E agora estamos importando gasolina dos Estados Unidos. Não temos que estar preocupados com o lucro. Por que ao invés de pagar dividendos para acionistas a gente não investe em refinarias?”, disse o ex-presidente.

As companhias de commodities, principalmente as estatais, são historicamente vistas como boas pagadoras de dividendos. Em 2021, a Petrobras foi a quarta companhia que melhor renumerou seus acionistas, tendo um dividend yield de 19,6%, de acordo com levantamento realizado pelo Economática.

Por volta das 17h30 (horário de Brasília), as ações PETR3 e PETR4 despencavam 4,03% e 4,69%, respectivamente, na sessão desta sexta.

Gasolina
Lula também reafirmou que o Brasil é autossuficiente na produção de petróleo e comentou que os combustíveis não podem continuar “subordinados a preços internacionais”.

“A minha preocupação não é com acionista de Nova York. A minha preocupação é com o povo brasileiro. Se a gente não tivesse petróleo, tudo bem, mas a gente tem”, disse na entrevista.

Os preços do petróleo têm avançado substancialmente após temores de um possível conflito entre a Rússia e a Ucrânia, pela região da Criméia, além de tensões no Oriente Médio. A cotação do barril de Brent, preço referência para a gasolina, chegou a ultrapassar a marca dos US$ 90  pela primeira vez desde 2014.

Em relação à PEC dos Combustíveis, Lula criticou o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), e afirmou que o governante não pode “comprar briga” com os governadores por causa do ICMS. “O ICMS é o único instrumento de arrecadação dos governadores. Só se governa esse país com uma boa relação com os governadores e com os prefeitos”, completou.