Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir
Logo BP Money
Uber: motorista ganha mais de R$ 1 milhão após ajudar influencer roubada
Criptomoeda LUNA: conheça empresário que fez investidores perderem US$ 40 bi
Hotel brasileiro é eleito o segundo melhor do mundo em 2022
Mercado

Ações da Microsoft disparam após forte projeção de receita

O lucro líquido da Microsoft no último trimestre avançou para US$ 18,77 bilhões, em comparação com os US$ 46 bilhões no ano anterior

por Redação BP Money

26 de janeiro de 2022 18:32
Ações da Microsoft disparam após forte projeção de receita

A Microsoft projetou uma receita para o primeiro trimestre de 2021, o número está amplamente acima do estimado por analistas em Wall Street. A receita está influenciada em parte pela performance esperada para a unidade Intelligent Cloud. 

A projeção saiu nesta terça-feira (25) e serviu para acalmar as preocupações do mercado sobre o crescimento da empresa, isso depois do anúncio dos resultados do último trimestre de 2021, que inicialmente desencadearam uma reação negativa nas negociações dos papéis da Microsoft após o fechamento. 

No entanto, as ações reverteram o curso após a divulgação das projeções. A Microsoft espera que a receita da Intelligent Cloud vai alcançar de US$ 18,75 bilhões a US$ 19 bilhões no trimestre atual, impulsionada pelo "forte crescimento" em sua plataforma Azure. Isso pode ser comparado como a previsão dos analistas em Wall Street de US$ 18,15 bilhões, de acordo com os dados da Refinitiv.  

Outras unidades também possuem forte estimativas de receita.  

Além disso, a unidade More Computing pode alcançar uma receita de US$ 14,15 bilhões a US$ 14,45 bilhões neste trimestre, o que supera as projeções de Wall Street de US$ 13,88 bilhões. Enquanto isso, a unidade de Produtividade e Processos de Negócios deve registrar receita de US$ 15,6 bilhões a US$ 15,85 bilhões, ante os US$ 15,72 bilhões estimado pelos analistas.  

Já o lucro líquido da Microsoft no último trimestre avançou para US$ 18,77 bilhões, sendo US$ 2,48 por ação, em comparação a US$ 15,46 bilhões no ano anterior. A receita cresceu para US$ 51,73 bilhões no fim de dezembro, ante US$ 43,08 bilhões em 2020. 

Apesar de a receita total ter superado as estimativas, o crescimento da receita da Azure em 46% ficou apenas em linha com as expectativas dos analistas, conforme compilado pela Visible Alpha.