Logo BP Money
Apple (APPL34) e Kim Kardashian lançam nova coleção de fones
Locaweb (LWSA3) é “top pick” no setor, defende BofA
Internacional

Amazon (AMZN) tem alta de 7% na receita líquida e dispara no aftermarket

Empresa destacou o resultado do último Prime Day, realizado há cerca de duas semanas no mundo inteiro

Juliano Passaro

por Juliano Passaro

28 de julho de 2022 17:36Atualizado em: 28 de julho de 2022 17:56
Amazon (AMZN) tem alta de 7% na receita líquida e dispara no aftermarket
Divulgação

A Amazon (AMZN) registrou uma receita líquida de US$ 121,2 bilhões no período de abril a junho de 2022. O valor representa uma alta de 7,1% frente ao mesmo período de 2021. Após divulgar os dados ao mercado, nesta quinta-feira (28), as ações da Amazon subiram 13,10%, cotadas a US$ 138,30, por volta das 17h40 (horário de Brasília). 

A expectativa dos analistas do mercado para a receita da Amazon era de  US$ 119,1 bilhões. O lucro por ação (LPA) da gigante de tecnologia foi de US$ -0,2, resultado que ficou abaixo das previsões dos analistas que esperavam um LPA de US$ 0,1279.

Por outro lado, a Amazon informou que o seu fluxo de caixa operacional caiu 40% para US$ 35,6 bilhões nos últimos doze meses, em comparação com US$ 59,3 bilhões nos doze meses encerrados no dia 30 de junho de 2021.

O CEO da Amazon, Andy Jassy, afirmou que "apesar das contínuas pressões inflacionárias nos custos de combustível, energia e transporte, a empresa está progredindo nos custos controláveis, principalmente melhorando a produtividade da rede de atendimento”.

A Amazon destacou que os membros Prime em todo o mundo compraram mais e economizaram mais no último Prime Day (realizado nos dias 12 e 13 de julho) do que em qualquer outro Prime Day, comprando mais de 300 milhões de itens e economizando mais de US$ 1,7 bilhão.