Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Fundos Imobiliários

O que são FIIs?

Redação BP Moneyem 25 de outubro de 2021 17:43
  • FIIs crescem no mercado brasileiro.

FII ou Fundo de Investimento Imobiliário é como são chamados os grupos de pessoas que investem em ativos imobiliários.  Os Fundos Imobiliários seguem ganhando mais espaço no mercado brasileiro por apresentar inúmeras vantagens.  

Esse tipo de investimento é feito através da Bolsa de Valores onde o investidor compra uma ou mais cotas do Fundo, sendo assim, quando houver a valorização dessa cota o investidor pode ganhar dinheiro. A distribuição desses rendimentos é realizada pelo administrador do FII. 

A administração do dinheiro, que é convertido em cotas, é feita por um gestor responsável por encontrar e realizar os investimentos com grande potencial e garantir uma boa rentabilidade para o fundo. Existem diversos tipos de fundos imobiliários que possuem carteiras de ativos, suas estruturas e estratégias e diferentes. As duas maiores modalidades dos FIIs são os Fundos de tijolo e os Fundos de papel. 

Os Fundos de tijolo são focados em empreendimentos físicos e são baseados na política da aquisição, construção ou aluguéis de imóveis comerciais tais como shopping centers, faculdades, prédios comerciais, agências bancárias e centros de distribuição. 

O objetivo de um Fundo de tijolo é achar pessoas e empresas interessadas em usar os imóveis adquiridos. Em troca, o FII recebe uma renda mensal de aluguel para ser distribuída a seus cotistas. 

Um FII de papel tem como estratégia investir em títulos financeiros vinculados ao mercado imobiliário, como LCI, CRI, títulos de recebíveis imobiliários, cotas de outros Fundos Imobiliários, entre outros. O lucro do Fundo vem dos juros e dividendos pagos por esses título, ou da venda deles. 

Para iniciar um FII, a instituição financeira responsável por ele precisa apresentar um documento ao mercado contendo a política de investimentos e as diretrizes gerais do futuro fundo.

Relacionadas