Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Exclusivas

CoFounder da Sanar diz que propósito é impactar sistema de saúde

Nicolau Eloy em 13 de outubro de 2021 11:00
  • Caio Nunes bateu um papo com à BP Money e falou sobre a proposta da empresa;
  • A Sanar Saúde é um braço da Sanar, no qual atende profissionais não-médicos;

A Sanar Saúde é um braço da Sanar, no qual atende profissionais não-médicos, como enfermeiras, dentistas, psicólogas, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e médicos veterinários. CoFounder da Sanar, Caio Nunes bateu um papo com à BP Money e falou sobre a proposta da startup. 

"Temos um propósito forte de ajudar médicos e profissionais de saúde em sua jornada profissional. Desde que foi fundada, em 2014, a startup procura atender as demandas dos profissionais e estudantes de Medicina e, assim, impactar o sistema de saúde. A tecnologia é a principal aliada nesse processo", afirmou Teixeira. 

Confira a entrevista completa abaixo: 

Caio, como foi o início da Sanar? Qual a maior dificuldade encontrada?

O início da Sanar foi motivado por um propósito forte de ajudar médicos e profissionais de saúde em sua jornada profissional. Desde que foi fundada, em 2014, a startup procura atender as demandas dos profissionais e estudantes de Medicina e, assim, impactar o sistema de saúde. A tecnologia é a principal aliada nesse processo.
“O ponto de partida foi a educação. Uma estratégia para facilitar o ganho do maior ativo da empresa hoje: a atenção dos profissionais”. A maior dificuldade foi continuar em direção ao propósito / visão mudando a forma, ou seja, modificando a estrutura de produtos em direção ao 100% digital e integrado. Passar por todas as fases do crescimento também foram desafios grandes que vivemos, em todos os aspectos (financiamento, manutenção da cultura e princípios, crescimento de time...), passar por tudo isso e ainda construir a visão de ser a empresa de toda a jornada do médico tem sido nosso maior desafio.

Sólida no mercado, quais são os próximos passos da Sanar?

Queremos integrar ainda mais nossa jornada de produtos para poder impactar mais ainda o ecossistema de saúde, somos hoje muito focados no indivíduo B2C (médico, médica). Nossos próximos passos são dividos em 2 frentes: Lançamento de novos produtos para a jornada do médico/estudante de medicina e aumento da nossa carteira de clientes B2B ampliando as nossas conversas com instituições (universidades, hospitais, indústria farmacêutica). Para criar esse futuro que acreditamos, de ter uma saúde mais eficiente, precisamos estar ainda mais presentes dentro do ecossistema de saúde como um todo, acreditamos que com isso conseguimos destravar mais potencial dos médicos e ajudar outros stakeholders da cadeia de valor.

Além de Founder, você também é head de produtos. Queria que você falasse sobre os produtos criados e sobre a experiência de criar esses produtos de tanto sucesso. 

Hoje estou como líder de Existing Products que é uma unidade cujo objetivo é eficiência e integração da jornada dos maiores produtos, embora em 2021 fizemos um movimento de atrair novas lideranças técnicas para o time. Em momentos iniciais de uma startup founder é tudo: produto, marketing, vendas... felizmente estamos indo para um patamar onde conseguimos trazer pessoas incríveis para nos ajudar nos novos desafios. Logo, atualmente não sou mais o líder de produtos digitais e sim de uma business unit. Lançar produtos de sucesso é sempre uma função de quanto você entende as necessidades do usuário (dores) e o quanto você consegue atendê-las de forma rápida para ganhar tempo e ir melhorando seu produto ao longo do caminho. Ter tido canais de comunicação com o cliente via comunidades ajudou muito a sanar nesse sentido.

O que um profissional precisa ter para adquirir essas competências? Quais dicas você pode dar para alguém que almeja chegar onde você chegou? 

Hoje todas as organizações de sucesso tem valorizado muito os soft skills acreditamos muito nisso para ter ajudado a Sanar a chegar até aqui. Capacidade de quebra problemas de forma estruturada, sentimento de dono, habilidade de empolgar e motivar times, trabalhar de forma colaborativa, aprender muito com os outros (diversidade intelectual) e aprender com outras pessoas que tem outras habilidades. Quem ficar atento e tentar aproveitar o máximo de pessoas inteligentes ao seu redor vai aprender muito. O aprendizado vem muito das necessidades que estamos vivendo (aprender fazendo). Para isso é importante muita humildade intelectual e buscar sempre estar próximo de pessoas muito boas no que fazem. Perguntem muito e sejam curiosos, isso faz a diferença. Complementar com treinamentos, cursos e leituras específicas vem a reboque. Quem trabalha com produtos digitais e tecnologia tem que entender muito sobre pessoas, pois o negócio é construído basicamente de colaboração de times. Resiliência e persistência é fundamental para empreender. A jornada é feita mais de erros que de acertos.

Você se formou em medicina, mas acabou optando por ser um head de produto. Como transitar por essas carreiras? Como foi a decisão de deixar a medicina, algo considerado tão mais seguro, para se jogar no empreendedorismo?

Como médico temos uma vantagem que pode ser uma desvantagem para empreender. Os médicos tem um alto custo de oportunidade (ganham relativamente bem e uma carreira considerada segura). Transitar de carreira não foi fácil, a expectativa sobre a profissão médica é alta e muita gente veio falar: "Como assim você vai deixar de ser médico?" Costumo brincar que agora sou muito mais efetivo pois impacto a saúde através da centena de milhares de usuários que a Sanar tem. Confesso que fui muito ajudado a tomar essa decisão pelos meus sócios que sempre me encorajaram a viver essa jornada. O quanto mais você se coloca em risco (Skin in the game) maior a chance de dar certo, embora o risco é alto.

Você, pelo menos, mantém uma veia em medicina. já que no seu linkedin você destaca que o sonho é ajudar os médicos e profissionais da saúde a desempenharem cada vez melhor seus papéis. Qual a sensação de poder contribuir para algo que você tanto gosta e de que forma é feita essa contribuição?

É muito gratificante saber que estamos ajudando os médicos e médicas a tomar decisões mais embasadas, mais científicas, e ajudando a qualificar quem está no dia-a-dia da profissão. A gente faz isso de forma direta com produtos de treinamento (Sanarflix) ou de auxílio à decisão médica (Yellowbook), ou formando através da nossa pós graduação. De forma indireta estamos suportando médicos e estudantes na parte financeira para que eles possam se dedicar ainda mais a profissão sem precisar procurar trabalhos para se manter durante a graduação. Fico feliz de estar em uma empresa que constrói um negócio que impacta positivamente a sociedade, inclusive fazendo parte do sistema B.

Relacionadas