Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Exclusivas

CEO da upLexis afirma que compliance ajuda empresas na redução de fraudes e corrupção

Thais Andrade em 20 de julho de 2021 17:00

    Em entrevista à BP Money, Eduardo Tardelli, CEO da upLexis - empresa de tecnologia e mineração de dados - fala sobre os serviços oferecidos pela companhia, como o compliance pode ajudar a evitar fraudes e muito mais.
     
    “O compliance vem se tornado cada vez mais essencial no mundo conectado, cada vez mais arriscado e regulamentado”, afirma Tardelli.

    Quando questionado sobre quais são os próximos passos da companhia, o CEO destacou: “Nós temos investido bastante em APIs e agora estamos criando um universo muito maior, onde o usuário vai poder fazer testes”.

    Confira a entrevista completa:

    Atualmente, quais são os serviços oferecidos pela upLexis? 

    Nós temos a upMiner, que é uma plataforma SAS, onde o usuário adquire um plano e tem acesso a diversas consultas, com vários módulos de agregação de dados. Além disso, é possível tirar gráficos analíticos, indicadores e etc. 

    São 18 aplicativos e, através dos planos, o usuário consegue acessá-los. Nós também temos soluções para due deligence, automação de due deligence e automação de background check para pessoas físicas, automação de inteligência jurídica – que é você consultar diversas jurídicas, certidões, processos, buscas nos diários oficiais, levantamento de bens, imóveis, recuperação de crédito, fraude e cobrança... Uma infinidade de dados. 

    Possuímos também soluções para enriquecimento de dados, com a finalidade de tratar conflito de interesses nas empresas – envolvendo desde sócios, fornecedores e funcionários. Nós também temos a parte de automação de dados, disponibilizando workflows automatizados, entrando na parte de processos de inteligência e prospecção, na área de prospecção de empresas. Nós atendemos mais de 20 verticais de negócios.

    Na sua opinião, por que é tão importante aplicar o compliance nas empresas? 
     
    O compliance vem se tornado cada vez mais essencial no mundo conectado, cada vez mais arriscado e regulamentado.
    As empresas assumem a responsabilidade de terem esses controles e entram também na esfera de ESG (Environmental, social and corporate governance). Ou seja, na gestão governamental, na parte de meio ambiente, responsabilidade social, e corporativa mesmo, na questão de diversidade e inovação. Todo esse leque, de um jeito ou de outro, envolve o compliance.

    Nós percebemos que o Brasil, dentro desse contexto de pandemia, já expressa indicadores de uma economia retomando. Dessa forma, as empresas que tiverem um compliance forte vão se beneficiar. 

    Nós também não podemos nos esquecer de todos os investidores que estão entrando no Brasil, adquirindo empresas, e o compliance faz uma diferença enorme nesse contexto, pois tem um valuation maior que as demais. 

    Além disso, o compliance tem um papel importante em monitorar as relações do setor privado e público, entre aquelas que tem interface com o setor público, Por fim, outra coisa que não podemos esquecer, que entra no compliance, é a questão do LGPD.

    Quais são os diferenciais que a upLexis oferece aos seus clientes?
     
    Como nós temos uma plataforma com vários aplicativos, que o cliente consegue habilitá-los como quiser, é muito flexível, fácil de customizar e automatizar as funções. 

    A upLexis fornece um serviço com preço acessível a pequenas, médias e grandes empresas. São cinco planos que começam no valor de R$ 595. 

    Além disso, a upLexis tem um marketplace de APIs onde é possível consumir APIs integrando aos seus sistemas, fazendo uma automação na sua esteira.

    A upLexis tem uma experiência de 16 anos no mercado e por isso temos muitos cases e referências, além de experiência acumulada. 

    A nossa plataforma está em constante inovação, estamos sempre buscando evoluir e criando novos aplicativos de dados. 

    Atualmente são mais de 2 mil fontes de dados, com parcerias nacionais e internacionais. Por isso é possível, através da plataforma, checar fontes globais, caso seja do interesse do cliente. 

    Nós temos aquele conceito de ‘tudo em um único lugar’, nossos clientes não precisam fazer contatos com terceiros. Nossa plataforma é muito prática e de fácil uso: você ganha em automação e reduz fraudes e corrupção. 

    Com tantas novidades em meios de pagamento, como o compliance pode ajudar a evitar fraudes?

    A maioria dos meios de pagamento acabam fazendo um scanning inicial, como se fosse um background check, só que superficial. Porém, quando se trata de valores maiores ou situações que envolvem mais riscos, acaba sendo necessário um aprofundamento na sua análise e óbvio que para isso, muitas vezes, você precisa de uma ferramenta mais completa, para uma investigação mais aprofundada. 

    O que nós trazemos frente aos meios de pagamento é um complemento, uma análise minuciosa, contemplando diferentes variáveis e outras visões, que você consegue atingir mais esferas do risco. 

    Com o risco envolvido, às vezes, é necessário fazer uma segunda análise, mesmo que em paralelo, porque acaba trazendo riscos para a sua operação -que vão desde fraude, esquemas e lavagem de dinheiro. 

    Quais são os projetos da upLexis para os próximos anos?

    Nós temos investido bastante em APIs e agora estamos criando um universo muito maior, onde o usuário vai poder fazer testes. Dessa forma, teremos um ambiente de testes de disponibilização de APIs. 

    Além disso, estamos trabalhando muito no modelo PLG, onde se tem uma entrada de lead, de testes e nós poderemos ter um Freemium – que possibilitará ao usuário a ida automática ao site, testar e consumir as informações.

    Outra coisa que estamos investindo bastante é na busca constante de novos parceiros, novas fontes de dados para enriquecer ainda mais a informação dos nossos usuários. 

    Nós também temos o datalake, que é um grande repositório de dados. Estamos construindo isso para algumas fontes que acreditamos que sejam estratégicas. Em cima disso, queremos criar outras funcionalidades e até mesmo aplicar inteligência artificial, em alguns casos.

    Relacionadas