Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Dinheiro

Vendas chegam a R$ 2,8 bi na Pré-Black Friday

Redação BP Moneyem 25 de novembro de 2021 16:34
  • Ticket médio avançou 14%, em torno de R$ 533;
  • O volume de pedidos aumentou 11%, somando 5,1 milhões;
  • Pesquisa da Neotrust aponta que a Black Friday deste ano pode ser uma das maiores dos últimos anos.

Mesmo com a Black Friday só ocorrendo na próxima sexta-feira (26), os consumidores já demonstram maior interesse na compra de produtos. De acordo com levantamento, as vendas do e-commerce já somam R$ 2,8 bilhões entre os dias 18 e 24 de novembro, uma alta de 31% em comparação com o mesmo período do ano passado. O estudo foi feito pela consultoria NielsenIQ|Ebit.

O ticket médio também avançou no intervalo, com um crescimento de 14%, ficando em torno de R$ 533. O volume de pedidos aumentou 11% comparado a 2020, chegando a 5,1 milhões.

"Depois de um 2020 muito forte para o e-commerce, era natural uma moderação levando-se em conta toda o cenário macroeconômico mais desafiador", afirmou o head de e-commerce da NielsenIQ|Ebit, Marcelo Osanai.

Dentre os que decidiram antecipar as compras da Black Friday, o setor de tecnologia dominou as vendas, os eletrodomésticos representam 22% do faturamento total nos sete dias. Em seguida estão os segmentos de telefonia/celular (19%), casa e decoração (13%), eletrônicos (9%), informática (9%), moda e acessórios (5%), perfumaria e cosmético (3%) e esporte e lazer (3%).

Uma pesquisa da Neotrust aponta que a Black Friday deste ano pode ser uma das maiores dos últimos anos, tendo potencial para elevar o faturamento a R$ 6,1 bilhões, alta de 18% ante ao período de 2020. Para manter os bons números, como em 2020, as empresas devem investir em frete grátis. Segundo a Neotrust, espera-se que entre 75% e 80% das compras pelo varejo digital aconteçam com frete grátis.
 

Relacionadas