Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Dinheiro

Serviços crescem 0,5% em agosto

Redação BP Money em 14 de outubro de 2021 9:36
  • Setor de serviços registrou avanço de 0,5% de julho para agosto;
  • Resultado corresponde a quinta taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 6,5% no período;
  • Agosto teve seu desempenho influenciado por quatro das cincos atividades incluídas na pesquisa.

O setor de serviços registrou avanço de 0,5% de julho para agosto, o que corresponde a quinta taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 6,5% no período. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base na Pesquisa Mensal de Serviços (PMS).

Conforme o estudo, o setor está 4,6% acima do patamar em que se encontrava antes da pandemia do coronavírus e alcança o nível mais elevado desde novembro de 2015. Na comparação com agosto do ano passado, o setor cresceu 16,7%, sexta taxa positiva seguida para serviços. 

“O setor de serviços mantém sua trajetória de recuperação em agosto, sobretudo nos serviços considerados não presenciais, mas também nos presenciais, com o avanço da vacinação e o aumento da mobilidade das pessoas. Desde junho do ano passado, o setor acumula 14 taxas positivas e somente uma negativa, registrada em março, quando algumas atividades consideradas não essenciais foram fechadas por determinação de governos locais em meio ao avanço da segunda onda do coronavírus”, explica o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, em nota publicada pelo IBGE. 

O resultado de agosto teve seu desempenho influenciado por quatro das cinco atividades incluídas na pesquisa, como destaque para serviços de informação e comunicação (1,2%) e transportes (1,1%).

Relacionadas