Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Dinheiro

Serviços crescem 0,5% em agosto

Redação BP Money em 14 de outubro de 2021 9:36
  • Setor de serviços registrou avanço de 0,5% de julho para agosto;
  • Resultado corresponde a quinta taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 6,5% no período;
  • Agosto teve seu desempenho influenciado por quatro das cincos atividades incluídas na pesquisa.

O setor de serviços registrou avanço de 0,5% de julho para agosto, o que corresponde a quinta taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 6,5% no período. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base na Pesquisa Mensal de Serviços (PMS).

Conforme o estudo, o setor está 4,6% acima do patamar em que se encontrava antes da pandemia do coronavírus e alcança o nível mais elevado desde novembro de 2015. Na comparação com agosto do ano passado, o setor cresceu 16,7%, sexta taxa positiva seguida para serviços. 

“O setor de serviços mantém sua trajetória de recuperação em agosto, sobretudo nos serviços considerados não presenciais, mas também nos presenciais, com o avanço da vacinação e o aumento da mobilidade das pessoas. Desde junho do ano passado, o setor acumula 14 taxas positivas e somente uma negativa, registrada em março, quando algumas atividades consideradas não essenciais foram fechadas por determinação de governos locais em meio ao avanço da segunda onda do coronavírus”, explica o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, em nota publicada pelo IBGE. 

O resultado de agosto teve seu desempenho influenciado por quatro das cinco atividades incluídas na pesquisa, como destaque para serviços de informação e comunicação (1,2%) e transportes (1,1%).

Relacionadas