Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Dinheiro

Retomada econômica foi tema em reunião nos EUA, diz Guedes

Redação BP Moneyem 13 de outubro de 2021 20:56
  • O ministro da Economia afirmou que o crescimento do PIB brasileiro será “praticamente o dobro” do previsto inicialmente pelo FMI;
  • A previsão inicial do FMI para o crescimento da economia brasileira era de 3,7% em abril, atualmente a perspectiva é de alta de 5,2%;
  • Guedes afirmou que a a Reforma Tributária deve ser aprovada até o fim deste ano, além das privatizações da Eletrobras e dos Correios.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro será “praticamente o dobro” do previsto inicialmente pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). O economista participou de um evento promovido pelo Atlantic Council, em Washington (EUA).

A previsão inicial do FMI para o crescimento da economia brasileira era de 3,7% em abril, mas foi revisada para 5,3% em julho e reajustada para 5,2% em outubro, atendendo as expectativas do governo brasileiro.

Em sua participação no evento Atlantic Council, Guedes citou os investimentos contratados de US$ 1 bilhão (R$ 5,5 bilhões na cotação atual) em concessões de infraestrutura. A reforma de marcos legais abriu caminho para isso, disse o ministro. “O Brasil está aberto para negócios.”

O economista também comentou sobre a aprovação da reforma tributária, otimista, Guedes afirmou que a proposta deve ser aprovada até o fim deste ano. Segundo, também deverão ser confirmadas as privatizações da Eletrobras e dos Correios e aprovada a reforma administrativa.

O Brasil quer ser uma economia forte de mercado, afirmou. “Estamos reduzindo despesas, privatizando, mudando marcos regulatórios.”

Relacionadas