Logo BP Money
Ações da Heringer (FHER3) recuam mais de 12% com alerta de fraude
Ações do Nubank (NUBR33) disparam após balanço do 2T22
Economia

Preços de passagens aéreas no Brasil disparam 123% em 12 meses

Somente entre maio e junho, o preço médio dos bilhetes registrou alta de 11,36%

por Redação BP Money

25 de junho de 2022 15:54Atualizado em: 25 de junho de 2022 16:01
Preços de passagens aéreas no Brasil disparam 123% em 12 meses
Freepik

O preço das passagens aéreas no Brasil tiveram alta de 123% nos últimos 12 meses, de acordo com dados do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15), divulgados na última sexta-feira (24). Dentre os subitens analisados pelo indicador, as passagens aéreas registraram a alta mais significativa.

Segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as passagens aéreas subiram 11,36% de maio para junho, após registrar alta de 18,40% no mês anterior.

Leia também: Dia de São João: produtos tradicionais da festa estão até 66% mais caros, diz IBGE

Entre as 11 capitais analisadas pelo indicador, Salvador teve a maior alta (159,5%), enquanto Belém teve a menor alta registrada (49,93%). São Paulo aparece em segundo na lista, com alta de 156,40%.

A inflação das passagens aéreas ocorre em meio ao aumento do querosene de aviação, combustível que impulsiona os custos das companhias aéreas. Além disso, a suspensão das restrições impostas durante a pandemia faz com que a demanda por bilhetes aumente.

Leia também: Petrobras (PETR3;PETR4) anuncia reajuste nos preços dos combustíveis

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a estimativa é que o preço das passagens continue aumentando nos próximos meses, com previsão de alta entre 5% e 10% nos preços dos bilhetes.

Um dos fatores citados para o aumento dos preços é, como já mencionado, a inflação que atinge o querosene de aviação, que já acumula alta de 102,4% nos últimos 12 meses, segundo divulgou a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Confira abaixo a lista com a alta de preços em passagens aéreas por estado nos últimos 12 meses:
- Salvador: 159,50%
- São Paulo: 156,40%
- Distrito Federal: 137,32%
- Fortaleza: 135,59%
- Rio de Janeiro: 134,97%
- Goiás: 114,03%
- Porto Alegre: 113,60%
- Curitiba: 98,35%
- Recife: 81,85%
- Belo Horizonte: 79,30%
- Belém: 49,93%