Logo BP Money
Bolsas americanas têm quarta semana de alta
Ikea inaugura primeira loja na América do Sul
Economia

Pix supera cartão e vira principal forma de pagamento

Transações cresceram 34% no 4º trimestre de 2021

por Redação BP Money

31 de março de 2022 9:04Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:32
Pix supera cartão e vira principal forma de pagamento
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

A quantidade de transações feitas com Pix já supera o número de operações realizadas com cartão de crédito e débito. Essa foi a primeira vez que o pagamento instantâneo assumiu a liderança entre os instrumentos mais utilizados, segundo dados do Banco Central, referentes ao quarto trimestre de 2021.

Segundo especialistas, o Pix deve continuar avançando, no entanto, ainda existem alguns fatores ligados, por exemplo, a segurança e tecnologia, que podem limitar esse crescimento.

Grande parte das transações continuam sendo através das transferências entre pessoas físicas.

De acordo com o BC, no último trimestre de 2021, a instituição registrou 3,89 bilhões de transações feitas com o Pix, contra 3,8 bilhões de outros meios de pagamento. 

Com isso, o resultado representa um avanço de 34%, comparado com o terceiro trimestre de 2021.

Já nos cartões, as movimentações também cresceram, mas em ritmo menor. Foram 3,85 bilhões no débito, alta de 9%, e 3,73 bilhões no crédito, avanço de 12%.

Os pré-pagos avançaram 20%, para 1,92 bilhão de operações. Ainda segundo autoridade monetária, desde o lançamento do Pix, em novembro de 2020, quem mais perdeu espaço foram as modalidades de transferência, como TED, DOC e intrabancárias. 

No último trimestre, foram 294 milhões de operações por meio de TED, por exemplo, uma queda de quase 50% em um ano.