Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Dinheiro

Governo fecha acordo de R$ 26 mi com Banco Asiático de Investimentos

Leonardo Almeidaem 18 de setembro de 2021 11:00
  • A participação do Brasil havia sido aprovada pelo Congresso Nacional em agosto de 2020;
  • O AIIB atuará em projetos na Ásia, mas poderá conceder créditos a outros continentes desde que estejam relacionados com alguma iniciativa asiática;
  • Em 2015 a participação brasileira seria de mais de 31 mil ações, novo acordo será de atuação de 50 ações.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou decreto no qual oficializa acordo constitutivo com o Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura (AIIB), que já havia sido firmado pelo governo em junho de 2015, em Pequim. O informe veio por meio da edição extra do Diário Oficial da União publicada nesta sexta-feira (17).

O acordo feito em 2015 estipulava participação de 31.810 ações, equivalente a US$ 3,18 bilhões (aproximadamente R$ 10 bilhões na cotação da época), mas a negociação foi reajustada e o Brasil irá atuar com 50 ações, somando US$ 5 milhões (R$ 26,4 milhões).

A participação do Brasil no acordo foi aprovada pelo Congresso Nacional em agosto de 2020. Com o decreto presidencial, o acordo é incorporado ao ordenamento jurídico brasileiro, na última etapa legal de adesão do país como membro fundador do AIIB.

O Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura tem caráter multilateral e atuará prioritariamente no financiamento de projetos na Ásia, mas poderá, segundo o governo brasileiro, conceder crédito para obras em outros continentes, desde que estejam relacionados com alguma iniciativa asiática.

Relacionadas