Logo BP Money
Criptomoedas: 51% dos latino-americanos já utilizaram ativos digitais, aponta pesquisa da Mastercard
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Economia

Estatal boliviana reduz 30% do fornecimento de gás natural ao Brasil

Petrobras diz que está tomando medidas para que YPFB cumpra contrato

por Redação BP Money

22 de maio de 2022 10:30Atualizado em: 31 de maio de 2022 11:26
Estatal boliviana reduz 30% do fornecimento de gás natural ao Brasil

A Petrobras (PETR4) informou que vem recebendo, ao longo do mês de maio, volumes de gás natural inferiores aos solicitados no âmbito do contrato firmado com a estatal boliviana YPFB, o que está impactando o planejamento operacional da companhia brasileira, de acordo com a "Agência Brasil".

“Tal redução da ordem de 30% não estava prevista e implica a necessidade de importação de volumes adicionais de gás natural liquefeito para atendimento aos compromissos de fornecimento da Petrobras”, diz a nota da estatal brasileira.

A Petrobras também informou que está tomando as medidas cabíveis visando ao cumprimento do contrato pela YPFB.

Petrobras (PETR4) lidera lucro entre petroleiras do mundo; confira

A Petrobras (PETR4) registrou o maior lucro líquido entre as grandes petroleiras do mundo no primeiro semestre de 2022.

O resultado registrado pela estatal chegou na casa dos US$ 9,405 bilhões entre janeiro e março deste ano, o que fez a Petrobras apresentar um lucro líquido quase duas vezes maior que a Exxon Mobil, maior petroleira do mundo.

Para efeito de comparação, a marca alcançada pela gigante norte-americana foi de US$ 5,480 bilhões, segundo dados divulgados pelo “Estadão”.

De acordo com a matéria, o lucro líquido divulgado pela companhia brasileira no início do mês de maio superou os resultados de nomes como Eni Spa (ENI), Chevron (CHVX34), e PetroChina Company (PTCH34), e além da comparação internacional, a estatal também rendeu muito dinheiro aos cofres públicos.

A última citada, por exemplo, acumulou o faturamento de US$ 122,9 bilhões entre os três primeiros meses deste ano, maior marca registrada no mundo. Ainda assim, a Petrobras anda teve um lucro líquido maior, visto que o atingido pela chinesa foi de US$ 6,161 bilhões.