Logo BP Money
Prejuízo com o Pix? Bancos driblam novidade e têm resultados positivos
Apple (APPL34) e Kim Kardashian lançam nova coleção de fones
Economia

Emprego: Brasil cria 197 mil empregos formais em abril, aponta Caged

O número veio acima do esperado e foi o melhor resultado para o mês desde 2012

por Redação BP Money

6 de junho de 2022 15:30Atualizado em: 6 de junho de 2022 15:34
Emprego: Brasil cria 197 mil empregos formais em abril, aponta Caged

O Brasil criou 196.855 mil empregos formais em abril, de acordo com os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta segunda-feira (6). Os números vieram acima da expectativa do mercado. 

Para comparação, em março deste ano foram criados 88 mil postos de trabalho, enquanto em abril do ano passado, 89 mil empregos formais foram ocupados. O resultado divulgado é o melhor para um mês de abril desde 2012 (quando foram criadas 216.974 vagas).

Leia também: Desemprego no Brasil cai para 10,5% e atinge 11,3 milhões de pessoas

De acordo com os analistas consultados pela “Reuters”, a projeção do mercado era de 170.655 vagas criadas, ou seja, 15% menor do que o resultado divulgado pelo Caged. 

O Brasil registrou 1,85 milhão de contratações e 1,66 milhão de demissões. Com os dados de abril, foram criados 770.593 empregos formais em 2022. Este resultado segue abaixo na comparação com o mesmo período de 2021, quando foram criados 894.664 postos de trabalho. 

Setor de serviços criou mais vagas de emprego em abril

A alta do número de vagas de emprego formal foi impulsionada pelo setor de serviços, que criou 117.007 vagas. Os destaques foram as áreas de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas e administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais. 

Os setores de comércio, construção e indústria também fecharam o mês no positivo. O grupo de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura foi o único dentre os analisados que demitiu mais do que contratou. 

Leia também: Indústria brasileira deve qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025

Além disso, todas as regiões do País criaram vagas de emprego em abril. O salário médio real também apresentou alta, ficando em R$ 1.906,54, 0,79% acima do registrado no mês anterior.