Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Dinheiro

Bolsonaro edita decreto com aumento de IOF

Redação BP Moneyem 16 de setembro de 2021 21:18
  • A mudança do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF) vai passar a valer no período entre 20 de setembro e 31 de dezembro;
  • O aumento do IOF também vai permitir a redução a zero da alíquota da Contribuição Social do Pis/Cofins incidente na importação sobre o milho.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou um decreto nesta quinta-feira (16) com aumento do imposto sobre operações financeiras IOF para custear o aumento no valor do novo programa social do governo que irá substituir o Bolsa Família, informou a Secretaria-Geral da Presidência em nota. As informações são do Reuters.

A mudança do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF), cujo percentual não foi informado, vai passar a valer no período entre 20 de setembro e 31 de dezembro, e irá gerar um aumento de arrecadação estimado em 2,14 bilhões de reais, segundo a nota.

“Esse valor permitirá a ampliação do valor destinado ao programa social Auxílio Brasil, cujo novo valor entrará em vigor ainda no ano de 2021. A medida irá beneficiar diretamente cerca de 17 milhões de famílias e é destinada a mitigar parte dos efeitos econômicos danosos causados pela pandemia”, disse o governo.

O aumento do IOF também vai permitir a redução a zero da alíquota da Contribuição Social do Pis/Cofins incidente na importação sobre o milho e um aumento da cota de importação de bens destinados à Ciência e Tecnologia, acrescentou a Secretaria-Geral.

Relacionadas