Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Criptomoedas

Entenda impacto do primeiro ETF de Bitcoin dos EUA

Redação BP Moneyem 19 de outubro de 2021 17:59
  • NYSE lista oficialmente primeiro ETF dos EUA;
  • ETF pode ser chave para que bitcoin atinja marcas históricas.

O primeiro fundo de índice (ETF) de Bitcoin (BTC) dos EUA foi oficialmente listado na bolsa de NY (NYS), após semanas de rumores de que isso aconteceria este mês e dos anos de expectativa pela aprovação no mercado americano. 

A listagem que aconteceu nesta terça-feira (19), apesar do vazamento de um documento da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) na sexta-feira (15) onde já havia confirmação do ETF criado pela ProShares. 

O ProShares Bitcoin Strategy ETF não investe diretamente em Bitcoin, e sim em contratos futuros da criptomoeda negociados na bolsa de derivativos de Chicago (CME). O produto é visto como essencial para trazer uma nova leva de investidores para o Bitcoin. 

Por serem investimentos em futuros da criptomoeda neste caso da ProShares acabaram sendo a chave para a aprovação. Com taxas menores que fundos, os ETFs também possuem maior liquidez e costumam agradar mais por estarem dentro da regulação do mercado financeiro. 

O ETF será negociado com o código BITO e terá uma taxa de 0,95%, menos da metade dos 2% cobrados pelo GBTC. Além desse impacto tanto de investidores de varejo quanto institucionais, a chegada do ETF de Bitcoin nos EUA se torna o gancho perfeito para os entusiastas reforçarem as teses de que a criptomoeda pode chegar em US$ 100 mil ainda este ano.

Relacionadas