Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Criptomoedas

Bitcoin corrige após atingir topo histórico

Redação BP Moneyem 21 de outubro de 2021 20:46

    O Bitcoin (BTC) passa por correção com recuo de 5,4%, 24 horas após atingir topo histórico acima de US$ 65 mil na quarta-feira (20).  

    Em algumas corretoras, a criptomoeda subiu até US$ 67 mil ontem, mas perdeu fôlego e é negociada US$ 63.009 às 15h20 de hoje (21), o que mostra leve recuperação após uma queda que chegou a levar o preço brevemente para US$ 62.700. 

    Como sempre, as perdas do Bitcoin se refletem também em outros criptoativos, o que é o caso das altcoins que perderam a alta vista no começo do dia e operam entre negativo e a estabilidade. O Ethereum (ETH) cai 0,2% ante alta de 11% às 7h, e a Solana (SOL) avança 6,2%, contra 21% na manhã de hoje. 

    Apesar do recuo, especialistas seguem apostando na valorização das criptomoedas no longo prazo. “A perspectiva de todo mundo que faz uma análise um pouco mais fundamentalista é de uma ‘levantada’ muito forte até o final do ano que, acredito, atingirá os US$ 100 mil”, conta Lucas Schoch, fundador e CEO da carteira de custódia própria de criptomoeda Bitfy, em relação ao preço do Bitcoin. 

    Para o economista e cientista da computação, o otimismo é decorrente da estreia do primeiro ETF de Bitcoin nos EUA, que permite com que um número maior de grandes empresas e fundos de family offices possam se expor ao ativo.

    Relacionadas