Logo BP Money
Criptomoedas: 51% dos latino-americanos já utilizaram ativos digitais, aponta pesquisa da Mastercard
AliExpress anuncia ampliação no número de voos para o Brasil
Aprenda

Crédito ou débito: entenda diferença e qual a melhor forma de pagamento

Os brasileiros estão usando cada vez mais os cartões de crédito e débito para realizar suas compras

por Redação BP Money

4 de junho de 2022 8:00Atualizado em: 3 de junho de 2022 15:32
Crédito ou débito: entenda diferença e qual a melhor forma de pagamento

É no débito ou no crédito? Quem nunca escutou essa pergunta na hora de realizar um pagamento? Mas qual a diferença entre os dois e qual a melhor forma de pagamento? O BP Money te ajuda a responder a todos esses questionamentos. 

Grande parte dos brasileiros estão usando cada vez mais os cartões de crédito e débito para realizar suas compras, em detrimento ao dinheiro. Porém, não é incomum que se fique na dúvida sobre qual a melhor forma para fazer o pagamento. 

Diferença entre crédito e débito

De cara, a principal diferença entre as duas modalidades é a forma como o pagamento é realizado. Na função débito, o valor pago é debitado diretamente na conta do pagador, enquanto no crédito o pagamento é processado na hora, mas a cobrança só acontece no vencimento da fatura. 

Ambos são formas de pagamento que têm suas vantagens e desvantagens e a escolha depende do seu planejamento financeiro. Usar o débito ou crédito no momento errado pode trazer problemas para o seu orçamento no final do mês.

Cartão de Crédito

O cartão de crédito é um meio de pagamento que se popularizou bastante nos últimos anos e vem ganhando cada vez mais espaço entre os consumidores brasileiros. 

Fatores como a facilidade de pagamento, seja com produtos de alto valor ou no acesso aos locais de compra, além de uma maior segurança, fortaleceram a utilização do cartão. 

Em muitos casos, os cartões de crédito são os únicos meios possíveis de se realizar um sonho de consumo, pelo menos para uma grande parcela da população.

Outra vantagem é a possibilidade de parcelamento: você pode adquirir um produto hoje e pagar por ele durante os próximos meses. 

Entretanto, é preciso ter um controle rígido dos gastos no cartão para garantir que, no mês seguinte, será possível pagar todas as compras. Caso o usuário não consiga pagar parcelas futuras, serão cobrados juros altos. 

Cartão de Débito

Utilizar o cartão de débito é o mesmo que pagar à vista em dinheiro. Com ele, você só gasta a quantia que tem. Ele irá usar o saldo de sua conta corrente – ou conta digital, dependendo da instituição financeira em que você tenha conta.

A única diferença entre o cartão de débito e as notas impressas é a segurança. Ele evita que você esteja com grandes quantias na carteira, além de só realizar o pagamento após uma senha certificando que a compra está correta. 

Além disso, o cartão de débito possibilita que você controle melhor as suas finanças, permitindo uma simples consulta do que foi gasto e do seu extrato bancário na palma da mão. 

Se o seu saldo for menor do que o valor da compra, a mesma pode não ser aprovada – ou ainda, se você tiver limite de crédito no banco, passar uma compra no débito pode deixar o saldo da sua conta no negativo.

Caso isso aconteça, você terá entrado no cheque especial e também terá que pagar juros de acordo com dias em que o saldo não ficar positivo.

Quando usar cada um e qual o melhor?

Esse tipo de escolha dependerá sempre do seu planejamento financeiro. Porém, as recomendações no geral são as seguintes:

Para compras do dia a dia, especialistas afirmam que é melhor passar o cartão de débito, para que exista maior controle no quanto se gasta. Exemplos dessas compras são supermercado, farmácia e outras. 

Assim, em seu orçamento mensal, esses gastos já estarão listados e você não terá surpresas no final do mês.

Já em produtos ou serviços de maior valor, a utilização do cartão de crédito pode ser a melhor opção. Geralmente essas despesas estão relacionadas ao lazer ou a um sonho de consumo, e são mais caras. 

Assim, você conseguirá comprar aquilo que deseja e poderá suavizar/adiar o pagamento através da opção do parcelamento. Caso opte pelo crédito, busque sempre locais que te dão o parcelamento sem juros. 

Outro momento em que é melhor utilizar o cartão de crédito é ao participar de algum programa de pontuação. Porém, antes de optar por isso, fique atento à taxa de conversão de pontos de seu cartão e ao prazo que você tem para usá-los e, novamente, se organize para conseguir aproveitá-los.

Por fim, busque sempre o equilíbrio financeiro e use o seu cartão de débito ou crédito com responsabilidade. É imprescindível controlar suas finanças