Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir
Logo BP Money
Drake perde mais de R$ 1 milhão após apostar em piloto da Ferrari na Fórmula 1
Paola Carosella: restaurante de chef é atacado nas redes após polêmica
Infleet: logtech baiana capta R$ 2,6 milhões com DOMO e Bossanova liderando
Aprenda

Blue Chips: o que são?

As blue chips costumam ter cotações elevadas.

por Redação BP Money

9 de janeiro de 2022 13:16
Blue Chips: o que são?

As “blue chips" são conhecidas por terem grande liquidez na Bolsa de Valores brasileira (B3) e normalmente são muito procuradas por investidores. No geral, são ações emitidas por companhias tradicionais, de grande porte e com boa reputação no mercado. Comumente eles detêm uma participação relevante nos mercados. Esses ativos também são conhecidos como “ações de primeira linha”.

Em função dessas características, as blue chips costumam ter cotações elevadas. E é exatamente por isso que receberam esse nome, que faz referência ao jogo de poker, em que as fichas azuis têm maior valor.

A alta liquidez é uma das principais características desse tipo de ação. No geral, a liquidez é definida como a facilidade de transformar o ativo em dinheiro, e na B3 isso se traduz no volume de negociações.

Os papéis que são alvos de muitas compras e vendas todos os dias, são considerados ativos “líquidos”. Isso porque um investidor que possua os ativos pode vendê-los rapidamente.

Vale destacar que não existe uma medida exata para determinar se uma ação possui liquidez elevada ou não. Trata-se de um conceito relativo.  Contudo, há algumas referências que podem nortear o investidor, o Ibovespa, por exemplo, é um índice composto por papéis com maior liquidez do pregão. Segundo o InfoMoney, o volume financeiro diário é um dos principais critérios para que os papéis sejam incluídos no indicador.