Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.
Ícone do aplicativo na loja

BP Money

Grátis na App Store

Abrir

Uma Meio Advogada

Blockchain revoluciona o setor imobiliário

Maria Clara Terencioem 27 de outubro de 2021 11:00

A tecnologia, como todos sabem, é o futuro, e a tendência é que cada vez mais ela venha se tornando algo comum e habitual na vida das pessoas, sendo esse um dos motivos do aumento da procura entre grandes empresas pelas criptomoedas e pelo sistema Blockchain.

Isso não seria diferente no mercado imobiliário, uma vez que o mercado de criptomoedas não está mais somente nos bancos e corretoras, sendo possível, hoje em dia, investir por meio dessa tecnologia na economia real.

O mercado imobiliário é conhecido no Brasil pela sua tradicionalidade, contudo, nos últimos anos, tem passado por diversas mudanças no que tange a digitalização e adesão de novas tecnologias no setor, como por exemplo as moradias por assinatura proporcionadas pela empresa Housi, as locações por plataformas digitais como o Airbnb, e agora a revolução das compras de imóveis pela tecnologia Blockchain.

As fintechs tem papel fundamental nesse processo, a Wuzu é uma delas, a empresa curitibana especialista na criação de Bitcoin e criptomoedas, juntamente com a Resale, outlet de imóveis que desenvolve soluções para gestão e venda de imóveis que retornam ao mercado provenientes de instituições financeiras, são pioneiras na introdução do sistema Blockchain ao setor imobiliário.

Além disso, outras empresas como a ImovelWeb, responsável pela atividade de venda e aluguel de imóveis, anunciou também uma parceria com uma fintech, a Netspace, para lançarem a negociação imobiliária via Blockchain, em que será possível a compra de parcea de imóveis disponiveis na prateleira virtual, ofertados pelos tkens digitais e negociados pelo sistema Blockchain.

Assim, a tecnologia vem, cada vez mais, revoluciando o mercado imobiliário, buscando facilitar suas transações, com maior segurança, menor burucratização, facilidade nas negociações, e o prórpio aquecimento do mercado.

Relacionadas